Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogador uruguaio diz que Nei é o ponto fraco do time do Inter

Peñarol já vendeu mais de 35 mil ingressos e terá um público superior a 50 mil na quinta-feira

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Não foi nenhum jogador do Peñarol que deu a declaração, mas um uruguaio. Christian Yeladian, meia-atacante do Juventude, que perdeu para o Inter no fim de semana pelo Gauchão, está tentando ajudar o Peñarol

“O que eu vi, não só na partida de domingo, é que eles têm alguns problemas defensivos. Quando são atacados pelas pontas encontram problemas. Principalmente pelo lado-direito da defesa, porque Nei é um típico lateral brasileiro, que sobe para o ataque e deixa muitos espaços. Os lados do campo ficam desprotegidos muitas vezes. É um erro atacá-los pelo meio porque os volantes Bolatti e Guiñazu são muito fortes. Tem que atacar por fora”, explicou o jogador em entrevista para o Jornal El País.

Inter e Peñarol se enfrentam na quinta-feira, 19h30, no estádio Centenário, pela partida de ida das oitavas-de-final da Libertadores. Os uruguaios preparam uma grande mobilização e já venderam mais de 35 mil ingressos.

Nos três jogos em casa da fase de grupos foram duas vitórias (contra LDU e Godoy Cruz) e uma derrota (para o Independiente). O público foi sempre superior a 50 mil torcedores e o número será outra vez ultrapassado no jogo contra os brasileiros. Falcão, técnico do Internacional, encaminhou o time para o confronto no país vizinho. Andrezinho desbanca Oscar e será titular.

Lucas Uebel/Vipcomm
Falcão e o auxiliar técnico Júlio Camargo no treino desta terça-feira

Leia tudo sobre: InternacionalPeñarolCopa Liberatdores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG