Theyab Awana, dos Emirados Árabes Unidos, fez inusitado gol durante goleada de sua seleção em amistoso contra o Líbano

selo

Um gol de pênalti pode render uma punição ao meia Theyab Awana, dos Emirados Árabes Unidos. O jogador resolveu realizar a cobrança de forma inusitada no amistoso em que sua seleção goleou o Líbano, por 6 a 2, no último domingo: depois de correr normalmente para a bola, virou o corpo e chutou de calcanhar - veja no vídeo abaixo.

Mesmo com o gol marcado, que ficou famoso mundialmente com o vídeo na internet, a atitude de Awana não agradou os dirigentes árabes. O diretor esportivo da seleção, Esmaeel Rashed, classificou a cobrança como "desrespeitosa" e disse que poderá punir o meia com uma multa ou até com uma suspensão.

"Isto não deveria ter acontecido. Creio que o ocorrido foi desrespeitoso. Não podemos tolerar que um integrante de nossa seleção não mostre respeito ao rival", afirmou o dirigente. O técnico da seleção, Srecko Katanec, também repudiou a atitude. "Não me pareceu certo, estou inconformado. Minha reação foi normal, por isso o tirei do jogo", disse.

Após marcar o gol de pênalti, o jogador saiu com um sorriso no rosto, enquanto os atletas libaneses, inconformados, gritavam com ele. Em seguida, Awana foi substituído e, de acordo com Katanec, pediu desculpas aos seus companheiros no vestiário. Agora, porém, pode ser punido.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.