Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogador do Oldham acusa torcedores do Liverpool de racismo

Zagueiro Tom Adeyemi discutiu com alguns fãs e ficou inconformado noe meio da derrota por 5 a 1

Gazeta |

Getty Images
Tom Adeyemi, do Oldham, reclama das ofensas racistas com o árbitro
Mais uma vez o Liverpool teve seu nome ligado a um caso envolvendo ofensas racistas no futebol inglês. Agora, a vítima de descriminação racial teria sido o zagueiro Tom Adeyemi, do Oldham, que acusou torcedores dos Reds de terem usado termos pejorativos com relação à cor de sua pele, na partida entre as duas equipes, na última sexta-feira, pela Copa da Inglaterra.

Veja também: Liverpool decide não recorrer por suspensão de Suárez

O confronto acabou sendo vencido pelo Liverpool, por 5 a 1, e o incidente ocorreu quando o marcador apontava 35 minutos da segunda etapa. Na ocasião, Adeyemi discutiu com alguns torcedores e ficou inconformado com as ofensas que foram dirigidas durante os entreveros. O atleta, inclusive, teve que ser acalmado por seus companheiros de clube e pelo próprio árbitro da partida.

Testemunhas afirmaram que os responsáveis pelos atos racistas estariam vestindo camisetas do atacante Luiz Suárez, que foi punido com oito jogos de suspensão por ter xingado o lateral Patrice Evra, do Manchester United, com os mesmos termos usados durante o incidente da última sexta-feira. Apesar de nenhuma prisão ter sido efetuada no estádio, o caso será investigado pela polícia local e pelo Liverpool, que arcou com uma pesada multa após a punição de seu atleta uruguaio.

A investigação será baseada no testemunho de torcedores que estavam presentes no local e do árbitro do duelo. O juiz não foi autorizado a comentar sobre o ocorrido, mas revelou que ouviu xingamentos de cunho racista das arquibancadas.

Já o Oldham se pronunciou através de uma nota oficial, onde o técnico Paul Dickov ressalta o comportamento amistoso de seu defensor e lamenta que mais um incidente deste tipo tenha acontecido no futebol inglês. "Não conversei com ele, mas certamente houve algo. Tom é um garoto calmo, bem-educado e com um temperamento fantástico. Ele nunca levantou a voz. Por isso, para ele ter reagido daquela forma, é porque disseram alguma coisa mesmo."

Leia tudo sobre: Campeonato InglêsLiverpoolOldhamTom Adeyeme

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG