Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jogador de futebol que atirou carro em árbitro é condenado à prisão na Inglaterra

Joseph Rimmer, atleta amador, pegou pena de 24 semanas de detenção depois de reação enfurecida contra David Harkness no noroeste da Inglaterra

AP |

A mais severa pena que os jogadores de futebol podem esperar por responder agressivamente a um árbitro é uma suspensão ou multa. Mas normalmente eles não reagem à ameaça de um cartão vermelho pegando um carro e o atirando no juiz. Foi o que aconteceu com o amador Joseph Rimmer, condenado a 24 semanas de prisão na Inglaterra.

Rimmer se irritou com a recusa do árbitro David Harkness em marcar uma falta na partida entre Lonsdale e Harrington, no mês de fevereiro no noroeste inglês. Imaginando que seria penalizado por Harkness, ele disse ao juiz: "Se você me repreender ou me expulsar, você sabe o que acontecerá".

Mas aconteceu o improvável. Rimmer, que trabalha como instrutor em academia de ginástica e porteiro de uma casa noturna, deixou o local, pegou seu veículo Range Rover e o conduziu pelo gramado. Harkness não ficou ferido.

Declarações de testemunhas lidas no tribunal em que o caso foi julgado apontaram que as pessoas reagiram com "pânico e medo" e alguns tiveram que correr para sair do caminho de Rimmer. "Antes que pudesse ser mostrado o cartão vermelho, o réu afirmou: 'Eu vou te atropelar'. Então saíram do campo", afirmou o procurador Derek Jones. Rimmer foi condenado em um tribunal de Liverpool na terça-feira.

Harkness continua abalado. "Depois de 35 anos, agora temo que não possa continuar como árbitro", disse ele em comunicado. "Eu não durmo com medo de que o réu (Rimmer) descubra onde moro e cumpra sua ameaça de atirar em mim."

Leia tudo sobre: futebol internacionalinglaterra

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG