De Oliveira teve documentos, dinheiro, roupas esportivas e um computador portátil levado pelos bandidos

 O brasileiro Rodrigo de Oliveira, jogador do Cerro Largo - equipe que disputa a primeira divisão do campeonato uruguaio -, teve sua casa roubada duas vezes no mesmo dia, revelou o site Sport.es. O jogador vive na cidade de Melo, a cerca de 400km de Montevidéu, capital do Uruguai.

De Oliveira, como é conhecido o jogador, voltava do velório do pai de um amigo, quando percebeu que sua residência tinha sido furtada durante sua ausência. O brasileiro foi denunciar o ocorrido e, ao retornar, encontrou duas mulheres dentro da sua casa tentando roubar mais pertences seus. As duas foram presas em flagrante.

Segundo Rodrigo de Oliveira, os bandidos levaram seus documentos, dinheiro, uniformes esportivos, além de um computador portátil.

O Cerro Largo é o sétimo colocado do torneio Apertura, novo pontos atrás do Peñarol, que lidera o campeonato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.