Treinador queria mais agressividade de seu time no Serra Dourada e não gostou das chances desperdiçadas

O técnico Joel Santana não gostou da postura de sua equipe no começo da partida contra o Atlético-GO, no Serra Dourada . O treinador acredita que o Cruzeiro entrou em campo “relaxado demais” e, quando teve o domínio do jogo, não soube fazer os gols com muitas chances criadas.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

Joel queria um Cruzeiro mais atento no início da partida. “Começamos mal, esperamos o time adversário, em casa, definir a situação. Ele colocaram um gol na frente e aí a situação muda. Acabamos o primeiro tempo dando algum trabalho para a defesa. Segundo tempo adversário se retraiu, perdemos vários gols e eles mataram a partida. Mérito para o adversário. Temos que saber jogar melhor essa competição. Não tem adversário diferente, todo jogo vale três pontos. Time entrou relaxado demais, esperando as coisas acontecerem”, reclamou Joel Santana.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

O técnico não gostou nada das falhas nas finalizações, principalmente no segundo tempo. “Pecamos muito nas finalizações, perdemos gols dentro da pequena área. A bola não queria nada com a gente. Jogamos mal, adversário colocou três zagueiros. Hoje erramos demais o fundamento principal do futebol que é a finalização. Perdemos três dentro da pequena área. Tem dia que as coisas são assim. Você cria e não faz. O que fica é o resultado final”, avaliou o técnico cruzeirense.

Joel não se surpreendeu com a postura agressiva do adversário jogando em casa. “Nós é que não jogamos o jogo como deveríamos. Eles estão em último colocado e teriam que fazer algo. Nós que teríamos que ser agressivos também. Em casa, os times forçam. Ninguém surpreendeu ninguém, nós que bobeamos muito”, concluiu o treinador. null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.