Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Joel Santana: “Precisamos rever os nossos conceitos”

Treinador do Cruzeiro viu história parecida com a dos jogos anteriores e afirmou que lida bem com as críticas

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

null

O técnico Joel Santana repetiu o discurso depois da terceira derrota seguida do Cruzeiro no Brasileirão. Para o treinador, o time não foi tão mal e o que pesou no resultado foi a incompetência na hora das finalizações. Joel chegou a afirmar na coletiva que o time precisa rever seus conceitos na competição.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Para Joel Santana, a partida contra o Flamengo teve o mesmo enredo das contra o Atlético-GO e Botafogo. “Terceiro jogo que a historia da partida foi parecida. Só mudou o personagem, que era o adversário. Tivemos o domínio e achamos que o jogo estava bom demais. Tomamos um contra-ataque e o que fica é o resultado final”, disse o treinador cruzeirense.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

O treinador revelou que esperava uma partida mais difícil contra o Flamengo. “Esperava um jogo muito mais difícil que tivemos. Mas não tivemos competência para vencer. Algumas peças deles não renderam o programado, mas não fomos competentes. Vamos ter que rever nossos conceitos”, disse o treinador.

Joel tentou explicar a expressão utilizada. "Rever os conceitos significa que não pode da noite para o dia, quando o prédio está com goteira, derrubar o prédio para resolver a goteira. Vamos tentar consertar o que estamos vendo de errado. Não é nem falta de oportunidade, é a falta de uma conclusão melhor", ressaltou.

Perguntado sobre as críticas vindas das arquibancadas, Joel mostrou serenidade. “Futebol é feito de elogios quando ganha e de criticas quando perde. A crítica pode ser positiva também. Do mesmo jeito que aceita elogios, tem que aceitar as críticas. Quem trabalha em um clube como esse tem que aceitar. No mau momento, não vou achar que vão bater palma para mim. Quem é comandante de um clube desse, o principal fator é o equilíbrio emocional”, concluiu.
 

Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2011Joel Santana

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG