Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Joel Santana elogia atuação de jovens após vitória sobre o Prudente

Técnico declarou que ficou impressionado com a tranquilidade do volante Lucas Zen e do atacante Alex. E comemorou os três pontos no vídeo abaixo

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854205411&_c_=MiGComponente_C

O grande número de desfalques fez o técnico Joel Santana escalar um novato na vitória por 2 a 1 sobre o Prudente, neste domingo, no estádio Engenhão. O volante Lucas Zen, revelação das categorias de base, de apenas 19 anos, foi titular da equipe e correspondeu as expectativas do treinador. sem Somália e Leandro Guerreiro, lesionados, o garoto foi o único jogador com característica de marcação no meio-campo da equipe carioca.

"Fiquei surpreso com a personalidade dele, maduro, seguro,jogador que joga simples, joga fácil. E olha que é uma posição difícil de jogar. O garoto entrou desinibido,  com a cabeça erguida, deu passe, criou, marcou firme. sinceramente estou muito orgulhoso e feliz de ver o desenvolvimento deste rapaz no jogo de hoje", declarou Joel Santana.

Quem também recebeu uma chance na equipe foi o atacante Alex, que entrou no lugar de Loco Abreu, na segunda etapa do jogo. O jovem sofreu o pênalti que originou o terceiro gol do Botafogo, convertido por Marcelo Cordeiro, e também recebeu elogios do treinador. "O Alex também entrou desenvolto e foi tão abusado, no bom sentido, que na hora que sofreu o pênalti, pegou na bola e queria bater. Ai falei 'calma', mas só de ele ter feito isso, já mostra personalidade. Se movimentou, e entrou muito bem no lugar de um ídolo", disse o treinador.

Com a vitória, o Botafogo subiu para a 5ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 59 pontos. A equipe decide seu futuro na próxima rodada, quando enfrenta o Grêmio, 4° colocado, com 60 pontos. Em caso de vitória, o Botafogo pode ficar com a última vaga na Copa Libertadores de 2011, dependendo de uma derrota do Goiás na final da Copa Sul-Americana, contra o Independiente.

Vídeo: Treinador celebra volta das vitórias

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG