Zezé Perrella explicou os motivos de permanecer com Cuca, mas reiterou que resultados podem trazer mudanças

Joel Santana já foi procurado em outras ocasiões pelo Cruzeiro e pode ser o substituo de Cuca
AE
Joel Santana já foi procurado em outras ocasiões pelo Cruzeiro e pode ser o substituo de Cuca
O presidente Zezé Perrella explicou na tarde dessa segunda-feira porque resolveu permanecer com o técnico Cuca à frente do Cruzeiro . O mandatário do time mineiro acha que o time vem jogando bem e que o azar é o responsável pelo mau momento, e não o treinador. No entanto, o presidente disse que “gosta” do nome de Joel Santana no caso de uma possível mudança da comissão técnica.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Zezé Perrella fez questão de usar números para mostrar o bom trabalho de Cuca. “Em 29 partidas no comando do Cuca neste ano, ganhamos 20, empatamos quatro e perdemos cinco. Os resultados por si só falam. Se você for pegar as partidas que conseguimos só dois pontos (no Brasileirão), deu em média 65% de posse de bola”, disse Perrella.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

O presidente acha que o Cruzeiro passa por uma maré de azar. “Vou trocar o treinador por causa de azar? Uma hora a bola vai entrar e a coisa vai mudar. Não podemos agir como torcedor. Se você pegar o script desses jogos, você vai ver como o Cruzeiro foi superior aos adversários. Não vou mudar em função desse azar. Não acredito em azar, mas que há, há”, ressaltou Perrella.

O presidente deu apoio a Cuca, mas reiterou que futebol é feito de resultados e tudo pode mudar se eles não vierem. “Futebol, hoje a nuvem está de um jeito e amanhã de outro. O próprio treinador sabe disso, que precisa de resultados. O Cuca nos deixou à vontade para trocar. Se a coisa degringolar, se não conseguir recuperar o time, se não tiver o comando necessário, aí podemos mudar. Mas me preocupo mais com o jeito que o time está jogando do que com os resultados nesse momento”, ponderou Perrella.

Perrella negou que já tenha entrado em contato com o técnico Joel Santana, mas afirmou que o nome do treinador agrada. “De maneira nenhuma, não procurei ninguém. Já tentei contratar o Joel em algumas situações, é um treinador que gosto. Se o Cuca chegasse até mim e dissesse que não ficaria mais, que não está conseguindo, o Joel seria uma opção caso ele resolvesse não ficar”, revelou o presidente cruzeirense.

No ano passado, o Cruzeiro tentou a contratação de Joel Santana depois da demissão de Adilson Batista. O treinador não aceitou a proposta porque ainda dirigia o Botafogo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.