Treinador vinha de três vitórias seguidas e conheceu o primeiro resultado negativo no Morumbi

O técnico Joel Santana não estava de todo insatisfeito com a atuação do Cruzeiro no Morumbi. Para o treinador, o time respeitou demais o São Paulo no primeiro tempo e teve que correr atrás do prejuízo depois de falhas na marcação. Joel gostou da postura do time no segundo tempo, quando agrediu mais o time paulista, apesar da derrota por 2 a 1 .

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“Claro que não estou satisfeito, mas tivemos um bom comportamento no segundo tempo. No primeiro, respeitamos muito o adversário”, avaliou o treinador do Cruzeiro.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

O treinador gostou da postura do time no segundo tempo. “Respeitamos muito o adversário. No segundo tempo agredimos mais, chegamos ao ataque. Time que quer vencer tem que se expor. Time grande é assim. Eles não se expuseram pelo momento que passavam. O segundo gol deu tranqüilidade para eles”, analisou Joel.

Joel Santana não gostou nada da atuação do juiz da partida e reclamou dos cartões amarelos distribuídos. “O jogo quebrou muito. A arbitragem aceitou muito a quebra. Aí vai reiniciar e eles já esperam lá atrás. O Montillo foi agredido em uma jogada, mas o nosso amigo não fez nada. Não posso falar nada. Ele (juiz) encheu nosso time de amarelo. Os jogadores do São Paulo tentaram iludir a arbitragem em três jogadas de pênalti. Se eu falar vou receber críticas. São Paulo ganhou pois teve méritos para isso”, concluiu Joel Santana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.