Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Joel pega um jogo de suspensão após expulsão contra o Grêmio

Técnico do Botafogo chamou o árbitro Sandro Ricci de palhaço na última rodada do Campeonato Brasileiro

Gazeta Esportiva |

Joel Santana, técnico do Botafogo, foi julgado nesta terça-feira pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por sua expulsão na partida contra o Grêmio, na última rodada do Campeonato Brasileiro 2010. Como punição, o treinador pegou um jogo de suspensão, que será cumprida na próxima partida do clube carioca em alguma competição nacional.

Irritado com a demora do árbitro Sandro Meira Ricci em autorizar o retorno de Fahel ao campo, Joel perdeu a linha e insultou o juiz como protesto. "Isso é uma palhaçada! Você é um palhaço! Você é um incompetente", esbravejou o treinador, segundo o árbitro da partida vencida por 3 a 0 pelo Grêmio, no Olímpico.

Com o ocorrido, o comandante do Botafogo foi enquadrado em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, podendo ser punido até com 720 dias de suspensão por incitar publicamente o ódio ou a violência.

Na sessão do julgamento de Joel, o advogado do clube Aníbal Rouxinol ressaltou que existiam três versões distintas do mesmo fato.

"A do árbitro, a da Procuradoria e a do Joel Santana. Acredito que a da Procuradoria foi a mais exagerada. A verdade é que esse jogo talvez tenha sido o mais importante da rodada se avaliar pela rivalidade. Além disso, o confronto direto definiria uma vaga na Libertadores", lembrou o advogado, ao site "Justiça Desportiva".

Leia tudo sobre: botafogofutebolstjd

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG