Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Joel diz que voltaria ao Botafogo se Loco Abreu deixasse o time

Além de criticar a postura do atacante uruguaio, ex-técnico do Botafogo também provocou Caio Júnior

iG Rio de Janeiro |

Joel Santana deixou o comando do Botafogo há pouco mais de um mês. Mesmo assim, o treinador ainda parece viver intensamente o ambiente do clube. Após declarar que se estivesse no comando da equipe, conseguiria a classificação às semifinais do Campeonato Carioca, agora Joel foi mais enfático e admitiu que retornaria ao Botafogo se fosse convidado, mas apenas se o atacante Loco Abreu fosse negociado com outra equipe.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"Entro por uma porta e quero o Loco Abreu saindo pela outra. Com ele eu não trabalho mais. Ele estava jogando a torcida contra mim e armando panelinhas dentro do grupo. É um jogador que não corre, não sua a camisa, só quer a bola nos pés e se acha um ídolo internacional. Com ele, não tem conversa", disse Joel Santana à coluna 'Pá e Bola', do jornal Meia Hora.

Jogador e treinador sempre tiveram uma relação complicada no time carioca. O desgaste com Loco Abreu, que começou no Campeonato Brasileiro de 2010 e continuou em 2011, foi um dos principais motivos da saída do técnico. Mesmo assim, Joel nunca havia admitido publicamente que não trabalharia mais com o atacante uruguaio.

Até o técnico Caio Júnior, que assumiu o time pedindo tempo para implantar uma filosofia de futebol ofensivo, não foi poupado pelo ex-comandante do Botafogo. “Ele (Caio Júnior) falou que ia fazer e acontecer. Cadê?", declarou o treinador, que recentemente recusou uma proposta para assumir o Bahia.

Leia tudo sobre: botafogouruguaicampeonato brasileiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG