Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Joel dá bronca em Somália, que comparece à delegacia com atraso

Treinador mostrou irritação com o volante, que mentiu para justificar falta na reapresentação do time

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O volante Somália já sabe que não poderá cometer outro deslize no Botafogo. Após as atividades desta quinta-feira, no CT de General Severiano, o técnico Joel Santana comentou sobre a mentira do volante, que inventou um sequestro-relâmpago para tentar justificar a falta na reapresentação do elenco. O treinador deixou claro que ficou chateado, até pelo bom relacionamento que tem com o jogador.

"Só conversei com ele umas das vezes, bem rápido. Não fiquei batendo muito, mas coloquei o que estava sentindo. Não vai acontecer de novo. Jamais esperaria esse comportamento e, pior, que ele mentisse daquela maneira. Foi uma coisa muito desagradável", disse Joel Santana.

O jogador foi até a 16ª DP, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, para depor sobre o caso. Inicialmente a apresentação do jogador na delegacia estava marcado para a última quarta-feira, mas mesmo assim ele foi ouvido. Segundo a delegada Juliana Domingues, que cuida do caso, ele informou que só irá falar em juízo. Assim, o processo será encaminhado para o Jecrim (Juizado Criminal Especial), que convocará Somália para o julgamento num prazo de até 30 dias.

O técnico Joel Santana também relembrou os problemas de indisciplina do ano passado, principalmente com Jobson, que foi emprestado para o Atlético-MG. Por isso, o treinador não quer saber de novos erros no elenco. "Ano passado já foi muito desgastante para todos nós, e disso o Somália já está sabendo. Quando você gosta da pessoa, ela não pode cometer esse tipo de erro. Aborreceu bastante, e espero que termine por aí. Nem eu nem a torcida queremos isso", finalizou o treinador.

Leia tudo sobre: futebolbotafogosomáliajoel santanacampeonato carioca

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG