Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Joel crê que placar poderia ser maior, mas: "Seria querer demais"

Treinador do Cruzeiro ficou muito satisfeito com a goleada, que alivia a situação do time no Brasileirão

Gazeta |

O Cruzeiro goleou o Avaí por 5 a 0 e poderia ter construído vantagem ainda maior, neste sábado à noite, não fossem algumas oportunidades desperdiçadas, inclusive um pênalti cobrado por Montillo e defendido por Felipe. O técnico Joel Santana concorda com este ponto de vista, mas lembra que a equipe do Cruzeiro vinha de quatro derrotas seguidas e prefere apenas festejar a atuação.

"Seria querer demais. Claro que (a vantagem) poderia ter sido maior. Montillo não é de perder pênalti, tivemos algumas chances... Mas observando a situação que estávamos vivendo, depois de fazer cinco, temos de agradecer a Deus", comentou o comandante, que elogiou a equipe.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

null

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

"Foi uma vitória sem contestação, nós realmente fomos melhores", acrescentou Joel, antes de dizer que a equipe não vinha jogando tão mal na sequência negativa recente. O problema, segundo o treinador, eram os detalhes.

"Vamos ver se conseguimos uma boa sequência agora. Foi bom, foi maravilhoso, mas ainda falta alguma coisa", alertou o treinador, conhecido como 'Papai Joel', às vésperas de um Dia dos Pais que tem tudo para ser bem tranquilo para os cruzeirenses.

"O torcedor hoje (sábado) vai feliz para o Dia dos Pais. Aliás, bom Dia dos Pais para vocês (jornalistas) também. Graças a Deus, vamos passar o domingo tranquilos", completou.

Leia tudo sobre: CruzeiroBrasileirão 2011Joel Santana

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG