Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jobson pode ser envolvido em uma troca com o Palmeiras

Atacante, que pertence a Traffic, pode ir para o time paulista numa troca pelo meia Lincoln e pelo lateral-direito Vítor

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882360613&_c_=MiGComponente_C

A confirmação do técnico Joel Santana no Botafogo por mais uma temporada trouxe um assunto delicado para o treinador durante a coletiva realizada em General Severiano, na última quarta-feira. Questionado sobre a continuação de Jobson no Botafogo, Joel não confirma se o atacante fará parte dos planos para 2011.

"Esse é um assunto que faz meu coração sangrar. Gosto demais do jogador e da pessoa, é diferenciado dentro de campo, mas é difícil entender a decisão que está tomando para sua vida. Seria importante ele ficar com a gente, mas desde que ele siga aquilo que nós estamos passando. Não posso colocar acima do clube, da história. Não vou manchar o que o Botafogo conquistou", afirmou o treinador.

Se antes a diretoria não falava em negociação, agora a possibilidade é cada dia maior. Uma empresário não ligado ao Palmeiras chegou a oferecer o lateral-direito Vítor e o meia Lincoln pelo atacante, mas o clube carioca espera um contato oficial por parte do time paulista para iniciar uma negociação. O interesse é vender Jobson em definitivo.

"Se você me perguntar se é interessante, eu acho que são nomes interessantes e de fato vamos estudar. Mas acabamos de fechar a permanência do Joel Santana. Vamos sentar e conversar sobre nomes que podemos adquirir na próxima temporada. Mas vamos com calma e sempre na realidade do Botafogo", disse o vice-presidente de futebol, André Silva.

Jobson voltou ao Botafogo no meio da atual temporada, graças a uma diminuição na sua pena pelo uso de crack. Após faltar em um treinamento e se atrasar para uma concentração, o jogador foi punido com uma multa no salário, excluído de partidas e ainda treinou separado do grupo durante quatro dias.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG