Tamanho do texto

Presidente de honra da Fifa está internado desde domingo no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro

O presidente de honra da Fifa, João Havelange, teve “discreta melhora” no seu quadro de saúde, nesta quinta-feira, segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Samaritano, que também informou que ele já respira sem ajuda de aparelhos. O dirigente esportivo, de 95 anos, foi internado em estado grave na noite de domingo. Os médicos diagnosticaram uma infeccção bacteriana grave (artrite séptica) e ainda uma celulite no tornozelo direito.

“Segundo o médico João Mansur Filho, depois de visita hoje, 22.03.12, o estado clínico do Presidente de Honra da Fifa apresenta discreta melhora, mas ainda inspira cuidados. O paciente está fazendo uso de antibióticos para combater o processo infeccioso diagnosticado no tornozelo direito (artrite séptica), com celulite (uma infecção na articulação). No momento João Havelange respira sem a ajuda de aparelhos.Não há previsão de alta”, informou o boletim médico divulgado pelo hospital nesta quinta-feira.

João Havelange, presidente de honra da Fifa, durante evento no Rio de Janeiro, em novembro de 2011
Getty Images
João Havelange, presidente de honra da Fifa, durante evento no Rio de Janeiro, em novembro de 2011
Ex-atleta, João Havelange se tornou presidente da Confederação Brasileira de Desportos (CBD), na década de 50. Em 1974, Havelange saiu da CBD, após 16 anos à frente da entidade. No mesmo ano, o dirigente foi eleito para presidir a Fifa, tendo exercido o cargo até 1998, quando foi substituído por Joseph Blatter.

No final do ano passado, Havelange renunciou ao seu cargo no Comitê Olímpico Internacional , alegando razões médicas, que não foram detalhadas. A renúncia ocorreu no mesmo momento em que enfrentava o risco de ser punido por supostamente ter recebido suborno da empresa de marketing ISL, que faliu e tinha acordos comerciais com a Fifa na década de 1990.