Zagueiro jogou por duas temporadas no time catarinense, rival são-paulino deste sábado. E avisou que, se preciso, joga na lateral

Tentando se recuperar da derrota diante do Fluminense , o São Paulo volta a campo no próximo sábado, contra o Figueirense , no Orlando Scarpelli. E o rival do fim de semana é um velho conhecido do zagueiro João Filipe, que jogou entre os anos de 2009 e 2010 no time de Santa Catarina e foi um dos destaques da campanha do acesso da equipe da Série B para a Séria A no ano passado.

João Filipe, zagueiro do São Paulo
Vipcomm
João Filipe, zagueiro do São Paulo
Siga o iG São Paulo no Twitter

O defensor tricolor falou do seu carinho pelo adversário, mas já avisou que vai passar todas as informações da sua ex-equipe ao técnico Adilson Batista. "Comecei jogando no Figueirense, foi o clube me mostrou para o futebol brasileiro, tenho um carinho enorme, mas não tive tempo de conversar. Quando eu tiver tempo, vou passar as estratégias para ele", disse João Filipe.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

De reserva no Botafogo a titular absoluto do São Paulo, o zagueiro disse que a nova fase da carreira se dá pelo bom ambiente encontrado no Morumbi. "Eu estava no Botafogo, sem ser aproveitado, e quando você vem para o São Paulo disputar títulos e ser recebido muito bem, isso é um ânimo a mais para o jogador. No meu caso foi isso. O São Paulo abriu as portas e estou feliz por isso", avaliou.

Com os desfalques de Jean e Piris, o primeiro por estar suspenso e o segundo servindo a seleção paraguaia, o treinador do São Paulo já avisou que vai improvisar na lateral direita para encarar o Figueirense. Sabendo disso, João Filipe se colocou à disposição para fazer a função, mas avisou que prefere jogar na sua posição de origem.

"A gente procura ajudar de todas as formas. Sou zagueiro, mas posso quebrar o galho na lateral. Mas, primeiramente, prefiro ser zagueiro. Estou aqui para ajudar ao máximo. E se improvisar um jogador, não dá para cobrar muito de um cara que não é da posição. O grupo é bom, o elenco é bom, o professor vai fazer o melhor possível para buscarmos essa vitória", contou o camisa 21.

João Filipe ainda comentou a performance ruim do time contra o Flu. Segundo o defensor, não faltou vontade ao São Paulo. "Não é que faltou garra, mas não fizemos uma partida boa. Quando a gente acordou já estava 2 a 0. Mas isso é só trabalhar, cobrar um do outro, nossa equipe é jovem. Mas estamos jogando firme e esse jogo contra o Figueirense é importante. Depois vamos pegar o Atlético-MG em casa e, vencendo, vamos elevar nossa auto-estima", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.