Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jejum de clássico precisa ser quebrado na hora certa, diz Kleber

Atacante desvaloriza necessidade de vencer Santos para voltar a triunfar diante de rivais do Estado

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Sem ganhar um clássico desde o meio do ano passado, o Palmeiras enfrenta o Santos neste domingo com a chance de quebrar esse pequeno tabu que começa a se formar. Em 2011, contra o Corinthians o time foi derrotado e, contra o São Paulo, ficou no empate. O jejum, no entanto, precisará ser quebrado na hora certa, segundo Kleber.

O atacante desvalorizou a necessidade de uma vitória no jogo de domingo na Vila Belmiro e disse que a hora certa de vencer é no mata-mata. Com a classificação em mãos, o atacante palmeirense afirma que o objetivo maior do clube é o título. A última vitória, aliás, foi contra o Santos, na 8ª rodada do Brasileirão de 2010.

“Particularmente, acho que não precisamos vencer o clássico agora. Temos que pensar que no mata-mata temos clássicos e lá não tem para onde correr. Hoje, se perder ou se ganhar não muda, mas lá sim. Temos que ganhar o título e a hora certa de vencer clássico é quando só sobrarem oito, quando teremos disputas entre Corinthians, Santos e São Paulo”, disse Kleber.

Até pensando no mata-mata, Kleber admite que poderá forçar um terceiro cartão amarelo para chegar na fase eliminatória sem riscos de ser suspenso. O atacante já soma cinco cartões e tem mais três jogos para “limpar” seu histórico de advertências recentes.

“Por mim, eu não tomaria o cartão, mas isso é arriscado. Às vezes você toma amarelo em um lance bobo, que a gente cai dentro da área pelo contato. Pode nem ter sido pênalti, mas o contato te faz cair e você toma o amarelo. Então é arriscado. De repente é melhor tomar”, relatou Kleber, que explicou como fazer isso. “É só parar na frente da bola na hora de bater a falta, adiantar a barreira”.

Leia tudo sobre: palmeiraskleber

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG