Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jefferson conta 'cavadinhas' sofridas de Loco Abreu nos treinos

Goleiro diz que já sofreu muitos gols do atacante e guarda a melhor maneira de defender em segredo

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Quando o Botafogo perdia o clássico contra o Fluminense por 2 a 1, no último domingo, e o uruguaio Loco Abreu perdeu um pênalti ao fazer a famosa 'cavadinha', o goleiro Jefferson não esboçou reação na meta botafoguense. Para o jogador, manter a concentração foi vital para garantir a vitória por 3 a 2 sobre o rival, já que, no final da partida, Jefferson acabou fazendo belas defesas.

"Se eu falar que depois que ele perdeu o pênalti não passou nada, vão dizer que sou muito frio. Mas é verdade. É claro que ele tem a consequência dele, se ele fizer o gol ou não, mas meu pensamento é ali no gol, me concentrar na partida para sair de campo sabendo que fiz meu máximo. Procuro deixar o que acontece no jogo um pouco de lado", declarou o goleiro.

Alvo das 'cavadinhas' de Loco Abreu nos treinamentos, o goleiro destacou a coragem do atacante em bater o segundo pênalti de maneira parecida. "Nem adianta pedir para mudar, ele vai continuar fazendo, por isso ele é chamado de Loco. Nos treinos ele sempre faz com todos os goleiros, e normalmente é gol. A gente brinca e diz para ele que no treino é fácil, pede para ele fazer com 50 mil torcedores observando. Mas ele faz, faz até com 100 mil, não tem medo", brincou Jefferson.

Na primeira cobrança durante o clássico, o goleiro Diego Cavalieri permaneceu parado no centro do gol r fez a defesa com facilidade. Na segunda tentativa, o arqueiro do Fluminense também permaneceu no meio da meta, mas Loco Abreu, com categoria, colocou a bola no canto esquerdo.

Jefferson, que conhece os segredos, não revela a melhor maneira de defender a cobrança, pois o goleiro não descarta ter que enfrentar o uruguaio um dia. Até mesmo pela seleção brasileira. "Não sei, ou melhor, não posso falar o que eu faria. Quem sabe a gente joga contra algum dia, então tenho que manter o segredo para ele ficar na dúvida", disse o jogador do Botafogo.

Leia tudo sobre: botafogocampeonato carioca 2011uruguailoco abreu

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG