Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jean diz que derrota do São Paulo para o Santa Cruz foi acidente

Volante reconhece má partida no Recife e engrossa coro de Alex Silva por postura de Libertadores na volta

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Apesar da derrota por 1 a 0 para o Santa Cruz pelo jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil, os são-paulinos seguem plenamente confiantes na classificação para as oitavas-de-final do torneio. O volante Jean, por exemplo, apesar de reconhecer a má partida do São Paulo no Recife, disse que a derrota para o rival pernambucano foi um acidente.

“[No jogo de volta] temos que procurar fazer o gol o mais rápido possível, furar essa barreira. O que aconteceu lá foi um acidente e não podemos deixar acontecer mais. A gente não foi surpreendido. Eu nunca joguei lá, mas sempre ouvi falar que era muito difícil. Sabíamos dessa dificuldade e entramos concentrados, mas não deu”, afirmou.

Ao final da partida, o Alex Silva falou sobre a necessidade de o São Paulo entrar em campo com uma “postura de Libertadores” no jogo de volta contra o Santa Cruz. E Jean reafirmou o comentário do zagueiro. “Tem que ser daí pra mais. É difícil reverter uma situação contra um time de menos expressão. Vão vir fechados, marcando mais do que nunca na vida. Então espírito de Libertadores é o mínimo”.

AE
O polivalente Jean acredita na recuperação do São Paulo contra o Santa Cruz

Outro ponto abordado por Jean na entrevista concedida na tarde desta quinta-feira foi a dificuldade encontrada diante da forte marcação do Santa Cruz, que para ele passou dos limites e mesmo assim foi ignorada pela arbitragem de Marielson Alves Silva. A marcação individual de Everton Sena em Lucas foi o maior motivo de revolta nos comentários do camisa 2.

“Se aquilo lá é marcação o futebol está acabando. Se for jogar daquele jeito aqui no Paulistão, com um juiz que seja justo, não daria o primeiro tempo e o rapaz já estaria expulso”, afirmou. “Se colocar um cara pra te marcar 90 minutos e ser desleal não sei se você vai aguentar. Pedimos pra ele ter o máximo de calma possível e impossível, porque não tem como o cara te marcar o jogo todo e em 70% das jogadas fazer falta”, completou se referindo à reação de Lucas ao jogo duro.

Antes da partida de volta contra o Santa Cruz, o São Paulo enfrenta o Mirassol domingo, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. Na reapresentação desta tarde, os atletas que atuaram na noite de quarta-feira fizeram apenas trabalho de recuperação física, enquanto os reservas treinaram no campo.

Leia tudo sobre: são paulojeancopa do brasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG