Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Japão quer eleição na Ásia após punição a Bin Hammam

Chinês Zhang Jilong assumiu interinamente a presidência da confederação asiática desde a suspensão de Bin Hammam no mês passado

AE |

selo

O presidente da Associação de Futebol do Japão, Junji Ogura, disse nesta terça-feira que a AFC (Confederação Asiática de Futebol) deveria realizar eleições presidenciais após o banimento do catariano Mohamed bin Hammam de qualquer atividade liga ao esporte até o final da sua vida por conta de acusações de suborno.

O chinês Zhang Jilong assumiu interinamente a presidência da confederação asiática desde a suspensão de Bin Hammam no mês passado. A Fifa impôs o banimento por toda vida ao catariano no último fim de semana, mas Bin Hammam disse não ter intenção de renunciar ao seu cargo e pediu para os dirigentes asiáticos terem paciência durante seu processo de apelação.

O comitê executivo da AFC se reunirá na sexta-feira para discutir o assunto, mas Ogura já revelou o seu desejo após a punição a Bin Hammam. "Foi suspenso por toda a vida. Portanto penso que é necessário que se realizem eleições", disse o dirigente japonês.

Leia tudo sobre: futebol mundialafcjapãobim hammam

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG