Por causa de desastre natural, país asiático não participará do torneio que começa em julho, na Argentina

O Japão anunciou nesta segunda-feira que não irá participar da Copa América, em julho, na Argentina, por conta dos efeitos do terremoto, seguido por um tsunami, que atingiu o país em março. "A prioridade nestes momentos é seguir salvando vidas e reconstruir o país após o terremoto e o tsunami de 11 de março passado", explicou o presidente da Associação de Futebol Japonês, Junji Ogura, após reunião com autoridades da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

"Depois de ter a decisão oficial do Japão, consultaremos Julio Grondona, presidente da Associação de Futebol Argentino, e os demais dirigentes das associações sul-americanas para analisar o que fazer com a vaga disponível", disse o presidente da Conmebol, o paraguaio Nicolás Leoz.

O Japão, que participou como convidado da Copa América de 1999, realizada no Paraguai, integraria o Grupo 1 com Argentina, Bolívia e Colômbia. A Copa América começará a ser disputada no dia 1º de julho e o Brasil está no Grupo B ao lado de Paraguai, Equador e Venezuela.

Nestor Benítez, porta-voz da Conmebol, revelou que outro país poderá ser convidado para ocupar a vaga do Japão. "Costa Rica havia solicitado anteriormente sua participação e também o Canadá mostrou interesse em jogar a Copa América, mas a Conmebol tomará uma decisão final por consenso de todos os seus membros".

"Em 23 de abril vamos reiniciar o campeonato do meu país, mas muitos clubes têm sua infraestrutura danificada, especialmente no norte [do Japão]. Lamentamos esta desistência porque graças à nossa aproximação esportiva com a América do Sul avançamos muito no nosso futebol, prova disso é que somos os atuais campeões da Ásia", indicou Ogura. "Além disso, temos problemas para contar com todas nossas figuras jogando em outros países e pensamos já em por nossa atenção na preparação da equipe que nos representará nos Jogos Olímpicos de Londres", completou.

Leoz garantiu que a desistência não fechará as portas para o Japão e já convidou o país a participar da Copa América de 2015, que será realizada no Brasil. "De todos os modos, a Conmebol estende ao Japão outro convite para disputar a Copa América de 2015 no Brasil", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.