Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Japão condiciona ida à Copa América à presença de "europeus"

País foi convidado pela Conmebol para disputar torneio, mas desistiu após desastres naturais do último mês

iG São Paulo |

A possibilidade do Japão disputar a próxima edição da Copa América ainda existe. De acordo com o secretário-geral da J. League (Liga de Futebol do Japão), isso pode ocorrer se for possível a convocação de atletas que atuam na Europa. Convidados para o torneio pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), os japoneses anunciaram sua desistência na última semana.

"Enviaremos uma lista dos jogadores que necessitamos. A Conmebol nos comunicou que assumiria toda a responsabilidade na negociação com a Fifa para liberar os jogadores", explicou Daisuke Nakatani ao jornal local The Mainichi Daily News. Não foi definido, no entanto, quantos atletas "europeus" terão suas presenças requisitadas.

As consequências dos terremotos, tsunami e acidente nuclear que assolaram o Japão no último mês são os motivos alegados para a desistência da seleção. Segundo o jornal, o diretor técnico da J. League, Hiromi Hara, explicou ao vice-presidente senior da Fifa, o argentino Julio Grondona, que o país não irá à Copa América se os clubes não liberarem os jogadores. O prazo dado pela Conmebol para a decisão final por parte dos asiáticos termina em dois dias.

A Copa América é disputada pelos dez países filiados à Conmebol e mais duas equipes convidadas. Além do Japão, o México foi chamado para participar da edição 2011, que acontecerá na Argentina no mês de julho. Nesta quarta-feira, a Espanha recusou convite para disputar o torneio.

*Com EFE
 

Leia tudo sobre: copa américa 2011japãofutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG