Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jamelli afirma que não foi procurado por ninguém do Fluminense

Ex-jogador do Santos, no entanto, diz que seria um prazer trabalhar no Rio e no atual campeão brasileiro

iG Rio de Janeiro |

Se Sandro Lima deve ser anunciado oficialmente como novo vice-presidente de futebol do Fluminense nesta segunda-feira, o nome do futuro gerente de futebol ainda não foi definido pelo presidente Peter Siemsen. Após tentar as contratações de Rodrigo Caetano e Felipe Ximenes sem sucesso, um dos nomes mais cotado para assumir o cargo é o de Jamelli.O ex-jogador do Santos, no entanto, disse que ainda não foi procurado por ninguém do clube, mas que seria um prazer trabalhar no Rio de Janeiro e no atual campeão brasileiro.

“Fico muito contente de saber que meu nome está sendo cotado para ser um dos responsáveis pelo futebol do Fluminense no segundo semestre. Oficialmente ninguém do clube me procurou, eu apenas tive uma conversa informal com o Celso Barros há alguns meses. Ele disse que estava acompanhando minha carreira e que gostava do meu trabalho”, afirmou o ex-jogador em entrevista à Radio Brasil.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

O Fluminense não seria o primeiro grande desafio na nova trajetória de Jamelli. Recentemente o ex-atacante realizou bons trabalhos no Grêmio Barueri, Coritiba e Santos, e chamou a atenção de Celso Barros, presidente da patrocinadora do clube. Como desconhece a realidade e o dia a dia tricolor, Jamelli preferiu ficar em cima ao ser indagado se a falta de estrutura seria um empecilho para sua contratação.

“Ainda não sei o que eles projetam para o futuro. Antes de aceitar qualquer proposta eu tenho que analisar o projeto do clube como um todo, que passa pela construção de um centro de treinamento, pela estrutura do futebol, contratos de jogadores, ações de marketing. E como eu ainda não conversei com ninguém do Fluminense, não seria muito correto eu opinar sobre qualquer coisa,”, disse.

Apesar das recentes críticas de Muricy Ramalho ao clube por falta de estrutura, sobretudo um Centro de Treinamento, Jamelli deixou claro que isso não seria razão para ele recusar uma possível proposta.

“De maneira nenhuma. Por um lado eu acho até que seria bom. Se o CT está no projeto do clube, eu acho que poderia ajudar muito pela minha experiência no Barueri, Coritiba e Santos, que tem um dos três melhores do Brasil. Sem falar na minha experiência fora do país”, explicou.

Sobre o elenco em si, Jamelli foi só elogios.

“Tecnicamente ninguém precisa falar nada. O Fluminense é o último campeão brasileiro, tem um dos cinco melhores elencos do Brasil, já provou que cresce em situações adversas e tem uma grande empresa por trás. Por todos esses aspectos, eu acho que é um dos candidatos ao título do Campeonato Brasileiro”, afirmou.

 

Leia tudo sobre: Campeonato Brasileiro 2011FluminenseJamelli

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG