Desde 2005, México classifica ao menos um time às quartas de final, exceto em 2009, quando houve exclusão

Nesta quarta-feira, às 19h30 (Brasília), o Jaguares (MEX) recebe o Junior Barranquila (COL), no estádio Víctor Manuel Reyna, para dar início à disputa das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Se conseguir passar de fase após as duas partidas, mantém um tabu de cinco edições: desde 2005, o México classifica ao menos uma equipe às quartas de final.

A exceção foi em 2009, mas não por deficiência técnica. Nas oitavas de final, Chivas Guadalajara e San Luis foram excluídos da competição por causa da gripe suína. O América (MEX), que enfrenta o Santos, às 21h50, é a outra chance do país.

Com a quinta melhor campanha, o Jaguares enfrenta o Junior, quarto melhor colocado entre os que lideraram seu grupo. Com 13 pontos, o time colombiano foi o melhor do Grupo 2, que também teve o brasileiro Grêmio em segundo lugar.

"Vai ser um jogo difícil, mas precisamos de uma vitória em casa. É importante para nos motivarmos e fazer história com o Jaguares", destacou o meia Jorge Hernández. Ele também chamou a atenção ao bom momento físico de sua equipe.

A partida de volta, na Colômbia, será na quinta-feira, dia 5 de maio, no estádio Metropolitano, às 23h50 (Brasília).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.