Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Jael salva o Flamengo e garante vitória sobre o Coritiba

Time vence por 1 a 0 e assume provisoriamente a liderança do Campeonato Brasileiro

Thales Soares, Rio de Janeiro |

Foi no sufoco, mas o Flamengo conseguiu furar o bloqueio do Coritiba . Aos 44 minutos do segundo tempo, Ronaldinho Gaúcho cruzou para Jael marcar o gol da vitória por 1 a 0, neste sábado, no Engenhão, e levar o time à liderança provisória do Campeonato Brasileiro, com 33 pontos, dois a mais do que o Corinthians, que joga neste domingo, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada. 

O resultado marcou para o Flamengo 15 jogos de invencibilidade, superando a marca de 1974, quando iniciou a competição, com 14 jogos sem perder. O próximo jogo é contra o AtléticoPR, quarta-feira, pela Copa Sul-Americana. O Coritiba segue com 18 pontos na tabela de classificação.

 O começo do jogo empolgou a torcida do Flamengo. Ronaldinho Gaúcho distribuiu alguns dribles pelo meio do campo, mas nada que produzisse uma grande jogada de ataque, capaz de assustar o goleiro Edson Bastos. Perigoso mesmo foi o chute de Bill, aos 19 minutos do primeiro tempo, que obrigou o goleiro Felipe a fazer grande defesa.null

 O Coritiba marcava forte e não dava espaços para os atacantes do Flamengo pensarem. Com Bill numa disputa ingrata com os zagueiros adversários, tentava segurar a bola. Aos 25 minutos, faltou pouco para o atacante abrir o marcador, ao tentar escorar cruzamento de Rafinha.

 Sem criatividade, o Flamengo era inofensivo. Com chutes de longa distância, tentava assustar o Coritiba. Aos 33, Renato, em cobrança de falta, soltou uma bomba para boa defesa de Edson Bastos, que espalmou para fora da área. Foi o único lance capaz de levantar a torcida no primeiro tempo. O time, inclusive, saiu vaiado no intervalo.

 O técnico Vanderlei Luxemburgo, percebendo a dificuldade do time para criar, fez uma substituição no intervalo. Ele tirou o volante Muralha, que fazia seu primeiro jogo como titular, para a entrada do argentino Bottinelli.

 O jogo melhorou. Aos oito minutos, Renato arriscou de longe com perigo. Pouco depois, ele teve uma boa chance numa cobrança de escanteio, mas a bola sobrou no pé direito e foi por cima do gol defendido por Edson Bastos. O Coritiba também levou perigo. Felipe, novamente, precisou fazer grande defesa em cabeçada de Jonas, aos 13.

 O Flamengo conseguiu finalmente mandar no jogo. Com jogadas agudas, principalmente com Leonardo Moura, rondava o gol de Edson Bastos, mas não conseguia finalizar. A resposta do técnico do Coritiba, Marcelo Oliveira, só aconteceu aos 25 minutos. Ele tirou Marcos Aurélio, que pouco havia feito, para colocar o meia Davi.

 Luxemburgo ainda tentou uma última cartada nos 10 minutos finais. Ele colocou Diego Maurício e Jael nas lugares de Thiago Neves e Deivid. Jael quase marcou, aos 38, chutando na trave. Na segunda chance, ele marcou o gol da vitória completando cruzamento de Ronaldinho Gaúcho.

 FICHA TÉCNICA – FLAMENGO 1 x 0 CORITIBA

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro
Data: 6 de agosto de 2011
Horário: 18h30
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence (ambos de GO)
Cartões amarelos: Muralha, Ronaldinho Gaúcho (Flamengo), Jonas (Coritiba)
Público: 24.814 pagantes
Renda: R$ 748.510,00
GOL: Flamengo: Jael, aos 44 minutos do segundo tempo

Flamengo: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, David e Júnior César; Willians, Muralha (Bottinelli), Renato e Ronaldinho Gaúcho; Thiago Neves (Diego Maurício) e Deivid (Jael)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Coritiba: Edson Bastos, Jonas, Jéci, Emerson e Lucas Mendes (Eltinho); Leandro Donizete, Léo Gago, Tcheco (Maranhão) e Rafinha; Marcos Aurélio (Davi) e Bill
Técnico: Marcelo Oliveira
 

Leia tudo sobre: flamengocoritibafutebolbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG