Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Itália pega alemães para melhorar retrospecto em estreia de Motta

Historicamente, italianos levam vantagem no confronto que já decidiu uma Copa. Último duelo foi em 2006

Gazeta |

Nesta quarta-feira, a Alemanha receberá a Itália para um duelo amistoso, às 17h45 (de Brasília), na cidade de Dortmund, reeditando a grande final da Copa do Mundo de 1982, vencida pela Squadra Azzurra, na ocasião. O confronto também servirá como revanche pela semifinal do Mundial de 2006, cujos vencedores também foram os italianos por 2 a 0, no mesmo palco onde será realizado o amistoso, o estádio do Borussia Dortmund.

No retrospecto histórico, foram ao todo 29 duelos entre as duas seleções, onde a vantagem fica com a Itália, dona de 14 vitórias, enquanto a Alemanha soma sete conquistas, além dos oito empates.

Técnico da seleção alemã, Joachim Low novamente não convocou Michael Ballack para a equipe. Entretanto, aposta nos destaques do Campeonato Alemão e convocou Mario Gotze, Mats Hummels, Kevin Grosskreutz, Marcel Schmelzer e Sven Bender, todos do Borussia Dortmund, líder isolado da competição com 51 pontos somados.

Como desfalques, a Alemanha não poderá contar com Mario Gómez, que sofreu uma lesão no joelho direito, e com o meio-campista Sami Khedira, que sofre de dores musculares e permaneceu no bando de reservas na goleada do Real Madrid por 4 a 1 sobre a Real Sociedad.

Do lado da Itália, o treinador Cesare Prandelli surpreendeu e convocou o brasileiro naturalizado italiano Thiago Motta, liberado pela Fifa para defender a seleção, já que suas participações com a camisa brasileira foram com a equipe sub 23, o que é permitido pela entidade.

Nos treinamentos para o embate, o meio-campista foi relacionado entre os titulares e pode iniciar a partida diante da Alemanha. "Vestir a camisa da Itália me dá uma emoção completamente diferente de tudo que já provei no futebol. Me sinto privilegiado, nasci no Brasil, mas me sinto italiano e estou feliz aqui", revelou o jogador.

Prandelli ainda convocou o meia Sebastian Giovinco, revelado pela Juventus e que hoje defende o Parma. O treinador ainda se diz satisfeito com o retorno do goleiro Gianluigi Buffon, lesionado desde a última Copa do Mundo disputada na África do Sul, e com Antonio Cassano, um dos astros do Milan no Campeonato Italiano.

Confira todos os amistosos desta quarta:

11h45 Kuwait x Uzbequistão
12h Moldávia x Andorra
12h San Marino x Liechtenstein
13h Grécia x Canadá
13h Armênia x Georgia
14h Irã x Russia
14h Bolívia x Letônia
14h30 Macedônia x Camarões
14h45 República Tcheca x Croácia
15h Azerbaijão x Hungria
16h Israel x Sérvia
16h Turquia x Coreia
17h Albânia x Eslovênia
17h Bulgária x Estônia
17h15 Luxemburgo x Eslováquia
17h15 Dinamarca x Inglaterra
17h30 Malta x Suíça
17h30 Bélgica x Finlândia
17h30 Holanda x Áustria
17h30 Polônia x Noruega
17h45 Alemanha x Itália
18h França x Brasil
18h Argentina x Portugal
18h30 Espanha x Colômbia
22h30 Honduras x Equador
22h30 Venezuela x Costa Rica
23h México x Bosnia-Herzegovina
00h El Salvador x Haiti

Leia tudo sobre: alemanhaitáliafutebol mundialamistososthiago motta

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG