Tamanho do texto

Questionado sobre arbitragem em Manizales, treinador disse que o árbitro poderia ter expulsado mais atletas

O técnico Muricy Ramalho ficou irritado com um repórter colombiano durante a entrevista coletiva após a vitória sobre o Once Caldas por 1 a 0 nesta quarta-feira , no estádio Palogrande, em Manizales, na Colômbia, pelas quartas de final da Copa Libertadores da América. O treinador não gostou quando foi questionado se a arbitragem teria prejudicado a equipe colombiana, e rebateu dizendo que o árbitro deveria ter expulsado mais jogadores do time anfitrião.

“O árbitro poderia expulsar mais jogadores do Once Caldas, pois pegaram o Neymar , foi pouco (um atleta expulso)”, disse Muricy, sem cerimônia.

O técnico Muricy Ramalho durante entrevista pós-jogo no estádio Palogrande
Samir Carvalho
O técnico Muricy Ramalho durante entrevista pós-jogo no estádio Palogrande

O técnico santista acredita que os árbitros sul-americanos não conhecem o estilo de jogo de Neymar, e acabam favorecendo os marcadores, que segundo o treinador, abusam das faltas em cima do atacante e não são punidos como deveria.

“Como todos os jogos, o Neymar, pelo drible, pelo lado de futebol que sabe fazer, o adversário abusa um pouco. O árbitro não conhece (estilo do Neymar) e deixa bater, ele tomou uma pancada quase que sem bola. Jogos de Libertadores são assim”, afirmou o treinador.

Neymar, um dos destaques da vitória santista na Colômbia, foi para o vestiário chorando, após receber uma pancada do zagueiro do Once Caldas. O atleta deixou o estádio com uma bolsa de gelo no tornozelo esquerdo, mas não preocupa para o clássico contra o Corinthians no próximo domingo, na Vila Belmiro.