Treinador do Manchester United criticou a quantidade de jogos internacionais e disse que isso atrapalha o jogador

AP
O treinador do Manchester não concorda com a quantidade de jogos disputados pelas seleções
O técnico do Manchester United , Alex Ferguson, se mostrou irritado com as datas de amistosos e competições internacionais organizadas pela Fifa, e alegou que a entidade vem atrapalhando o trabalho dos treinadores de clubes europeus. Segundo o comandante dos Diabos Vermelhos, competições como a Copa Africana de Nações e a Copa América são um problema para os times ao redor do mundo.

Sir Alex Ferguson completará 25 anos à frente do Manchester United em novembro deste ano e acredita que o número de amistosos de seleções marcados pela Fifa são exagerados. Para o treinador, os jogadores têm baixas significativas ao servirem as seleções de seus países, já que não conseguem ter uma sequência de treinamentos em seus próprios clubes.

"Nós sempre pedimos para que eles diminuíssem o número de jogos internacionais. Todos os clubes concordam com isso. Mas o problema não envolve só os amistosos, já que o calendário também sofre com um conflito de interesses", avaliou o treinador.

Ferguson também atacou competições internacionais, como a Copa Africana de Nações e a Copa América. O treinador acredita que estes torneios dificultam a preparação dos clube ingleses para a temporada, já que o Campeonato Inglês possui um grande número de africanos e sul-americanos nos times participantes do torneio.

"A Copa Africana de Nações e a Copa América sempre foram um problema. Alguns clubes perdem três ou quatro jogadores por até quatro semanas em janeiro. Quando os jogadores volta da Copa América, eles já perderam praticamente todo o trabalho da pré-temporada. Além disso, você tem que reavaliar a condição do jogador para saber quanto tempo ele precisará descansar antes de treinar", completou o técnico inglês.

Um caso que ilustrou a revolta dos dirigentes e técnicos europeus com as datas Fifa foi a situação do atacante brasileiro Hulk , do Porto . O jogador entrou em campo pela Seleção Brasileira na segunda-feira, e logo na terça defendeu seu clube no Campeonato Português. O abuso de sua condição física custou uma lesão ao atleta, que teve que sair durante a partida para ser tratado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.