desespero no Cruzeiro - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Irritado com a arbitragem, Cuca tenta evitar desespero no Cruzeiro

Sei que somamos apenas três pontos nos últimos três jogos, mas fomos prejudicados. Não sou de ficar chorando, mas a arbitragem do jogo contra o Grêmio e a de hoje foram doídas, disse técnico

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861846048&_c_=MiGComponente_C

Após a segunda derrota consecutiva do Cruzeiro como mandante, o técnico Cuca pediu aos jogadores que mantivessem a calma na briga pelo título. No entanto, ele não conseguiu esconder a irritação com a arbitragem de Nielson Nogueira Dias, que marcou pênalti inexistente para o São Paulo, nesta quarta-feira, em Uberlândia. Time paulista venceu por 2 a 0.

"Nós estamos a um ponto do líder. Sei que somamos apenas três pontos nos últimos três jogos, mas fomos prejudicados. Não sou de ficar chorando, mas a arbitragem do jogo contra o Grêmio (derrota por 2 a 1, no Olímpico) e a de hoje foram doídas", disse. Assista à entrevista do técnico



"Falei agora na oração que ninguém pode ficar alegre nem se desesperar porque perdemos um jogo. Domingo temos que ter força. Teremos mais um jogo dificílimo e temos que buscar a vitória, com equilíbrio", comentou o treinador, lembrando que o próximo rival da Raposa é o Vitória, no Barradão.

Mesmo ressaltando o equívoco do árbitro, Cuca também citou a qualidade do São Paulo, que ainda briga por uma vaga na Copa Libertadores. "O São Paulo teria chance de ser campeão se estivesse jogando assim antes.", opinou.

Com o resultado negativo, o time mineiro manteve-se com 57 pontos - mesmo número do vice-líder Corinthians e um a menos que o Fluminense, primeiro colocado. 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG