Assim como o Vasco, atacante nunca conquistou a Copa do Brasil, mas seu retrospecto é bom em semifinal

Alecsandro completa 11 jogos nesta quarta-feira com a camisa do Vasco . O atacante tem uma marca da qual se orgulha: estar invicto neste período. O compromisso na Ressacada, contra o Avaí , valendo vaga na final da Copa do Brasil, está mexendo com o jogador. Além de manter a escrita, ele chama para si a responsabilidade para conquistar pela primeira vez o torneio nacional – Para o Vasco e para ele.

“Graças a Deus ainda não perdi e espero que isso se mantenha contra o Avaí. O Vasco tem um jogo difícil, importante e quero sair daqui amanhã com a classificação”, disse o atacante. Será, também, o sexto jogo pela pela Copa do Brasil este ano. Em cinco partidas, balançou a rede três vezes. Como o time precisa da vitória, recai sobre ele, em parte, a obrigação dos gols e, consequentemente, da vaga na final.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Alecsandro avisa que precisa da ajuda dos companheiros para marcar seus gols
Fotocom
Alecsandro avisa que precisa da ajuda dos companheiros para marcar seus gols
“Como camisa 9, tenho a responsabilidade de fazer gols, sim. Assumo. Mas não faço isso sozinho. Os gols nascem quando há equilíbrio no time. Não posso bater escanteio e eu mesmo ir para área cabecear. Em uma final, não se pode pensar no ‘eu’, e sim no ‘nós’”, ponderou o atacante vascaíno.

A Copa do Brasil é um título cobiçado pelo Vasco. Esta é a oitava vez que o clube é semifinalista do torneio . Nas outras sete, foi eliminado em seis. Na única vez em que brigou pelo título, perdeu para o rival Flamengo . Apesar de também não ter conquistado a competição, seu retrospecto entre os quatro finalistas pode causar boa expectativa ao Vasco. Em duas semifinais que disputou, o atacante chegou à final.

“Mas não vale só chegar. O que dá reconhecimento a um jogador é a faixa de campeão no peito. E é isso que vim buscar”, declarou o atacante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.