Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Intimação para devolução da taça está a caminho do São Paulo

Flamengo acusa clube paulista de omitir resolução da CBF sobre título de 1987 no caso da Taça das Bolinhas

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

O Flamengo está próximo de conseguir uma vitória na Justiça. Já está na capital paulista a carta precatória que determina a entrega de uma intimação ao São Paulo para que a Taça das Bolinhas seja devolvida para a Caixa Econômica Federal. A expectativa é de que o presidente do clube do Morumbi, Juvenal Juvêncio, receba o documento até sexta-feira. A partir da entrega, o prazo para a devolução é de 48 horas.

Segundo Rafael de Piro, procurador geral do Flamengo, a Justiça de São Paulo recebeu a carta precatória na quinta-feira e, por causa do feriado, a intimação ainda não foi entregue. O dirigente estava irritado com a demora para a sequência da ação e chegou a contratar um escritório de advocacia em São Paulo para acelerar o processo.

O São Paulo também entrou com uma ação na Justiça, de manutenção da posse da Taça das Bolinhas. Segundo De Piro, o clube paulista omitiu fatos relevantes, que serão apresentados pelo Flamengo na contestação. “O mais grave é que o São Paulo omitiu dolosamente a resolução da CBF que reconhece o Flamengo como campeão brasileiro de 1987, ao lado do Sport. Ele cita o parecer antigo e não o atual”, explicou De Piro.

A polêmica sobre a posse da Taça das Bolinhas começou em 2007, quando o São Paulo conquistou seu quinto título brasileiro. A Caixa criou o troféu na década de 70, para ser entregue ao primeiro clube campeão brasileiro três vezes seguidas ou cinco alternadas. Como o Flamengo não era reconhecido como campeão de 1987, ao conquistar o Brasileiro de 1992 (seu quinto título), não recebeu a Taça das Bolinhas.

Desde essa época, a taça foi guardada em um cofre da Caixa e outro troféu passou a ser oferecido aos campeões brasileiros.

Numa cerimônia realizada no dia 14 de fevereiro, o São Paulo recebeu a Taça das Bolinhas, mesmo com uma liminar conseguida pelo Flamengo que impedia a sua entrega. Uma semana depois, a CBF, finalmente, reconheceu o clube carioca como campeão brasileiro de 1987, ao lado do Sport. Com isso, a Justiça determinou a devolução do troféu para a Caixa até que a ação seja julgada.
 

Leia tudo sobre: FlamengoSão PauloTaça das Bolinhas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG