Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Porto vence Paços com mais uma boa atuação de Hulk

Brasileiro marca um gol e dá assistência para outros dois na vitória do seu time

Gazeta |

Um gol de pênalti do atacante Hulk ajudou o Porto a vencer mais uma no Campeonato Português. A vítima da vez foi o Paços de Ferreira que, dentro de casa, sucumbiu por 3 a 0 para os Dragões. Os outros tentos do estádio da Mata Real foram marcados por Otamendi e Walter, ambos após assistência do avançado brasileiro.

Hulk chegou aos 13 gols no torneio nacional e se isolou ainda mais na artilharia, abrindo quatro de vantagem para João Tomás, do Rio Ave. Na tabela de classificação, o Porto chegou aos 38 pontos e tem oito a mais que o vice-líder Benfica, enquanto o Paços está perto da zona de rebaixamento, em 12º lugar, com 13 pontos.

Nos outros jogos do domingo, o União de Leiria bateu o Associação Naval por 3 a 0, enquanto o Marítimo empatou com o Portimonense por 1 a 1. Ainda houve uma igualdade sem gols entre Olhanense e Nacional. A próxima rodada do Português será apenas em 9 de janeiro.

O jogo - Logo aos cinco minutos, Hulk cobrou falta na área e Sapunaru cabeceou com perigo, para boa defesa do goleiro Cássio, ex-Vasco da Gama. Aos 11, o artilheiro do Campeonato Português mostrou que também sabe ser garçom e, em jogada parecida a anterior, colocou a bola na cabeça de Otamendi, que abriu o placar.

O Porto quase ampliou com Falcão Garcia, mas o colombiano completou o passe de James para fora, apesar de estar livre dentro da área. Aos 30, Hulk foi lançado, mas Cássio saiu aos seus pés e desarmou o avançado.

No segundo tempo, o Paços de Ferreira foi em busca da virada e teve boas oportunidades com Rondon, cara a cara com o goleiro Helton, e Pizzi, mas ambas foram desperdiçadas.

Os Dragões responderam com o brasileiro Walter, que entrou no lugar de Falcão Garcia. Aos 19 minutos, ele cavou um escanteio, e após a cobrança de Belluschi, quase fez o segundo do Porto. Pouco depois, Jorginho cabeceou com muito perigo, e errou por pouco a meta defendida por Helton.

O Paços de Ferreira ameaçava bastante o Porto, mas Rondon esteve em uma noite infeliz, perdendo duas boas oportunidades, aos 28 e aos 38, ambas dentro da área. Do outro lado, a dobradinha brasileira, formada por Hulk e Walter, incomodava a defesa do anfitrião.

Aos 29 minutos, Hulk conduziu a bola por 30 metros e bateu ao lado da trave. No instante seguinte, ele recebeu ótima assistência de João Moutinho, mas preferiu tocar para Walter a finalizar, e perdeu boa chance. Aos 35, foi a vez do ex-atacante do Internacional assustar Cássio, errando um cabeceio de dentro da área.

No último minuto de jogo, David Simão colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro Artur Soares Dias marcou pênalti. Hulk cobrou e garantiu a vitória dos Dragões no estádio da Mata Real. Antes do fim do jogo, a dupla brasileira funcionou de novo, mas dessa vez com mais eficiência: Hulk cruzou da esquerda e Walter apenas encostou para fazer 3 a 0.

Leia tudo sobre: PortoPaços de FerreiraHulkportugal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG