Tamanho do texto

Instalação de telões, iluminação com lâmpadas de LED, aprimoramento de cabos de internet e reforma nos vestiários são algumas das mudanças

Morumbi tem recebido bom público no Campeonato Brasileiro de 2018
Divulgação
Morumbi tem recebido bom público no Campeonato Brasileiro de 2018

Favorito para ser palco da abertura da Copa América de 2019 no Brasil , o Estádio Cícero Pompeu de Toledo, mais conhecido como Morumbi, vai passar por algumas reformas nos próximos meses. O objetivo é modernizar o espaço para se adequar aos padrões de eventos da Conmebol.

Leia também: Lugano participa de reunião para formar novo sindicato de atletas em SP

A diretoria do São Paulo apresentou a entidade organizadora um cronograma de obras e deve dar sequência a ele em breve. Segundo informações, os vestiários devem passar por ampliação. Uma das exigências da Conmebol é a construção de um único túnel de acesso ao gramado – hoje os times entraram no gramado do Morumbi por túneis diferentes. A reforma será bancada pela Ambev, parceira do clube.

O centro de imprensa será realocado para o estacionamento do estádio, pois o número de profissionais que cobrirá a Copa América é muito maior que os habituais jornalistas que fazem a cobertura dos jogos do São Paulo no Brasil. Tribunas de imprensa escrita e de rádio serão ampliadas e cabos de internet também serão instalados para comportar a demanda de acessos online.

O principal pedido da entidade sul-americana é a adequação do estádio à instalação do VAR (árbitro de vídeo). O Morumbi já conta com uma sala de audiovisual e será nela que a equipe de árbitros irá manusear o sistema. A estrutura que está montada hoje será aprimorada.

O São Paulo anunciou que irá arcar com a compra e instalação de lâmpadas de LED no sistema de iluminação. Esse recurso se deve ao fato desse tipo de lâmpada ser mais econômica e de maior duração. A expectativa é que o clube reduza em 30% o gasto com a energia. Essa etapa da reforma está prevista para acontecer entre dezembro e janeiro e estará pronta para o Campeonato Paulista.

Leia também: Nas semis da Copa do Brasil, Flamengo e Palmeiras ficam em desvantagem

A última novidade prevista é a instalação de dois telões até fevereiro de 2019. O clube está em negociações com duas empresas e ainda estuda a possibilidade de inserir painéis multimídia no estádio, condicionados à captação de parceiros para custear a implementação do sistema.

Construido em 1960 e com capacidade para 72.809 pessoas, o estádio do São Paulo ficou fora do calendário da Copa do Mundo de 2014 por não estar dentro do 'padrão FIFA' exigido.

O Morumbi deve ser anunciado oficialmente como palco da abertura na próxima terça-feira (18), em reunião da Conmebol em La Paz, na Bolívia. O Allianz Parque, estádio do Palmeiras, deve receber os outros jogos no Estado de São Paulo.  A Arena Corinthians ficou fora do cronograma da entidade porque o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, solicitou que retirassem o estádio do calendário.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.