Treinos foram cancelados, mas equipe de Lisboa jogará a final da Copa de Portugal, contra o Desportivo Aves, normalmente no próximo domingo

Os membros da comissão técnica e jogadores do Sporting Lisboa, de Portugal, foram agredidos nesta terça-feira por cerca de 50 torcedores no centro de treinamento do clube. As agressões aconteceram durante a preparação do clube para a final da Copa de Portugal , contra o Desportivo Aves, que acontecerá neste domingo. Atletas e técnico prestaram queixa.

Leia também: Torcedor do River Plate é encontrado morto nas dependências do Monumental

Torcedores do Sporting chegaram encapuzados e agrediram jogadores e outros membros do clube
Reprodução
Torcedores do Sporting chegaram encapuzados e agrediram jogadores e outros membros do clube

Os torcedores do Sporting invadiram o centro de treinamento encapuzados e não pouparam ninguém das agressões. Um dos mais feridos foi o atacante holandês e artilheiro da equipe, Bas Dost, que foi espancado e ficou com cortes na cabeça. De acordo com outra emissora de televisão, a TVI , um dos fisioterapeutas do clube português foi esfaqueado. A imprensa do país informou que os torcedores invadiram o local armados com barras de ferro, tochas e cintos.

Um dos mais feridos foi o atacante holandês e artilheiro da equipe, Bas Dost, que foi espancado e ficou com cortes na cabeça
Reprodução
Um dos mais feridos foi o atacante holandês e artilheiro da equipe, Bas Dost, que foi espancado e ficou com cortes na cabeça

Até o momento, as autoridades portuguesas confirmaram que 15 agressores já foram detidos. Boa parte do elenco, de acordo com a imprensa local, foram prestar depoimento e registrar queixa contra os agressores.

Segundo o Jornal de Notícias, Rui Patrício, Bruno César, Mathieu, Coates, Bryan Ruíz, Piccini, Rúben Ribeiro, João Palhinha, William Carvalho, Bas Dost, Podence, Fábio Coentrão, Battaglia, Acuña, Fredy Montero, além do técnico Jorge Jesus foram à delegacia. O Sporting Lisboa ainda não se pronunciou sobre o caso.

Leia também: Rivaldo: "Se Neymar não sair do PSG, ele nunca vai ganhar nada importante"

Por conta das agressões, os treinos desta quarta e quinta-feira foram cancelados e os atletas só voltarão a trabalhar na sexta. Diversos torcedores do clube decidiram protestar contra a violência dos grupos organizados.

Torcedores do Sporting protestaram contra agressões aos jogadores
Reprodução
Torcedores do Sporting protestaram contra agressões aos jogadores

Entenda a crise

A crise no Sporting Lisboa começou em abril, após a derrota do clube português para o Atlético de Madri, pela Liga Europa. O presidente da equipe alviverde, Bruno de Carvalho, chamou os atletas de "mimados" e afastou 19 deles por algumas semanas.

Após as críticas públicas do mandatário do clube, os jogadores não se entenderam mais com o presidente. Após as agressões, o elenco do Sporting Lisboa denunciou e responsabilizou a diretoria do clube.

Leia também: Maradona muda de patamar na carreira e se torna presidente de clube europeu

Assim como na última temporada, o Sporting Lisboa terminou o Campeonato Português na terceira posição e irá disputar a Liga Europa. O clube alviverde não vence a competição há 15 anos.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.