Dois atletas do Guangzhou Evergrande se envolveram em uma briga durante partida treino na China; ambos foram multados e tiveram redução de salário

Briga entre companheiros de equipe do Guangzhou Evergrande, clube da província de Cantão, na China
Reprodução
Briga entre companheiros de equipe do Guangzhou Evergrande, clube da província de Cantão, na China

Uma situação um tanto quanto desagradável marcou um jogo treino do Guangzhou Evergrande, um dos grandes clubes do futebol chinês. Wang Junhui e Situ Hualong são companheiros de equipe, no entanto, durante a partida contra o Shandong Luneng, se desentenderam e protagonizaram uma briga .

Leia também: Briga generalizada marca partida de beisebol da MLB em Boston; assista vídeo

O incidente aconteceu aos 35 minutos de bola rolando e depois da briga dos companheiros de time, o jogo foi interrompido por sete minutos. Wang Junhui levou um cartão vermelho e foi expulso do gramado, enquanto Situ Hualong foi advertido com um cartão amarelo. 

Assista o vídeo da briga dos jogadores do Guangzhou Evergrande:

Leia também: Que treta! Jogadores trocam socos durante partida da NBA; assista o vídeo

Após o ocorrido, o clube afirmou em nota que ambos os jogadores foram multados em 200 mil yuan chineses, o equivalente a R$ 108 mil. Além disso, de acordo com o jornal South China Morning Post, eles não poderão sair do clube durante seus respectivos períodos de contrato e tiveram ainda, seus salários reduzidos.

O Guangzhou Evergrande tem a fama de ser rápido em suas decisões quanto às punições de atletas por irregularidades. Em março de 2018, o brasileiro Alan Carvalho em 100 mil yuans depois de ter dado uma cotovelada no adversário do Tianjin Quanjian, Liu Yiming.

Leia também: Oscar é suspenso por oito jogos depois de confusão na China; relembre o lance

"Os jogadores do Evergrande têm que liderar pelo exemplo com disciplina e respeito pelos árbitros, adversários e companheiros de equipe. Qualquer um que violar essas regras pagará um preço", afirmou o clube em comunicado.

No entanto, as punições como dos companheiros de time do Guangzhou Evergrande são comuns no futebol da China . Em 2017, o meia brasileiro Oscar, do Shanghai SIPG, recebeu punição de oito partidas sem jogar e multa no valor de cerca de R$ 20 mil após ter iniciado confusão durante partida contra o Guangzhou R&F.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.