Natural de Málaga, bandeirinha do futebol juvenil espanhol foi assediada por adeptos menores de idade que assistiam partida em Alhaurín de la Torre

Eva Alcaide, bandeirinha espanhola de Málaga
Reprodução
Eva Alcaide, bandeirinha espanhola de Málaga

Aos 17 anos de idade, Eva Alcaide denunciou o assédio que sofreu durante uma partida da Liga da Juventude de Andaluzia, comunidade autônoma da Espanha . No duelo entre Alhaurín de la Torre e Fuengirola, a bandeirinha relatou insultos machistas por parte de alguns alguns torcedores.

LEIA TAMBÉM: Tifanny Abreu assina com o Bauru e é primeira trans da Superliga feminina

De acordo com a própria vítima, os autores dos insultos e assédios se tratavam de garotos de 13, 14 anos de idade e foram retirados do estádio Los Manantiales após a denúncia. No entanto, ao final do jogo, a bandeirinha utilizou sua conta no Twitter para desabafar e relatar o ocorrido.

LEIA TAMBÉM: Médica proíbe que atletas façam sexo antes de jogo da Liga dos Campeões

"Estou farta de sofrer essas coisas pelo simples fato de ser mulher e estar em um mundo de tios, como é o futebol e a arbitragem. Eu me sinto muito machucada. Hoje eu queria gritar e desabafar por todas as vezes que eu fiquei quieta. Não mais", começou Eva Alcaide.

"Isso que acontece comigo e eu digo isto aqui, mas amanhã acontece com uma garota que está em silêncio. As coisas acontecem. Nós não temos conhecimento dos monstros que estamos criando. Por favor, o feminismo é totalmente necessário. Eu me senti totalmente assediada e me senti desconfortável em um campo de futebol, onde eu deveria me divertir. Assim como os jogadores, pais e espectadores", afirmou.

LEIA TAMBÉM: Marido de Larissa Riquelme, meia é procurado por abusar de menina de 11 anos

Assédio

"Enquanto você estiver no vestiário, espero que não deixe cair o shampoo porque eu vou aparecer por trás", foi um dos insultos ouvidos por Eva Alcaide . Questionamentos se ela era virgem também eram feitos com frequência. Por fim, além de tentarem tocar a bunda da bandeirinha, os garotos faziam diversos comentários de cunho sexual.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.