Hernán Crespo revelou experiências sexuais do passado como ex-jogador, mas afirmou: "Não tomo isto como um motivo de orgulho"

Hernán Crespo é o quarto principal artilheiro da seleção da Argentina
Reprodução
Hernán Crespo é o quarto principal artilheiro da seleção da Argentina

Hernán Crespo fez altas revelações sobre sua vida sexual de quando era jogador. Ex-atacante argentino, foi revelado pelo River Plate, mas foi na Itália onde consagrou sua carreira no futebol. Durante uma entrevista ao programa da televisão da Argentina Podemos Hablar , o atual vice-presidente do Parma admitiu já ter participado de uma orgia.

LEIA TAMBÉM: Contra o "Íbis italiano", Milan leva gol histórico de goleiro aos 50 do 2º tempo

"Eu estreei no futebol quando tinha 18 anos de idade e só conheci a minha mulher aos 27. Até então, eu nunca tinha namorado antes. Então, eu fui solteiro até esta idade. Quando se é famoso, jovem... Se faz de tudo. Se experimenta de tudo", explicou Crespo .

Questionado se haviam mais homens ou mulheres, o ex-jogador deixou claro: "sempre mais mulheres ". Além disso, o argentino relatou que por conta da fama por conta da carreira no esporte, acabava se "aproveitando" neste tipo de situação. No entanto, afirma não se gabar do que aconteceu no passado.

LEIA TAMBÉM: Dois brasileiros aparecem entre os 50 mais odiados do futebol mundial; confira

Mudança de vida

Hernán Crespo e Alessia Rossi Andra tem duas filhas: Nicole e Sofia
Reprodução
Hernán Crespo e Alessia Rossi Andra tem duas filhas: Nicole e Sofia

"Não era uma coisa com a maturidade de hoje, não é uma coisa que me diverte. Eu não tomo isto como um motivo de orgulho. Muito pelo o contrário. É uma experiência que me permitiu encontrar a serenidade mais tarde com minha mulher. Então, não faz falta pois não vale a pena", afirmou o ex-atacante, hoje com 42 anos de idade.

LEIA TAMBÉM: Belos, só que não! Confira os 12 jogadores mais feios da história do futebol

Quando perguntado se sua esposa, Alessia Rossi Andra, sabia sobre a orgia , ele rebateu o apresentador com um "para quê?" e logo acrescentou: "Menos mau que não havia celular". No entanto, deixou claro que sua vida mudou após conhecer a mulher que mudou sua vida. "A verdade é que quando eu conheci minha mulher, eu parei. Disse tchau, acabou. A primeira coisa que eu fiz foi trocar o telefone e mudar de casa", disse Crespo.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.