Com a classificação para o Mundial de 2018, na Rússia, o país da América Central parou e o dia foi utilizado apenas para a festa dos panamenhos

Após o Panamá vencer a Costa Rica por 2 a 1, no Estádio Rommel Fernández, na Cidade do Panamá, pelas Eliminatórias da Concacaf e se classificar pela primeira vez em sua história para uma Copa do Mundo , o presidente do país, Juan Carlos Varela, decretou um "dia de festa nacional" nesta quarta-feira para que as pessoas possam celebrar.

Leia também: Com times sul-americanos, chegam a 23 as seleções classificadas à Copa de 2018

Torcida do Panamá comemorou muito a classificação à Copa de 2018 e ganhou até um feriado nacional
Reprodução/Twitter/FifaWorldCup
Torcida do Panamá comemorou muito a classificação à Copa de 2018 e ganhou até um feriado nacional

Em uma série de publicações no Twitter, o mandatário do Panamá comemorou a vaga inédita na Copa de 2018 e convidou toda a população para participar da festa. "A voz do povo será ouvida. É um dia histórico para o país. Será feriado para os trabalhadores do setor público e privado. Em um dia de festa nacional, também ficam suspensas as aulas nas escolas públicas e privadas do país, celebrem em família", declarou Varela.

Leia também: Lionel Messi vira "Deus" após garantir a Argentina na Copa do Mundo

Classificação

Leia também: "Estava com medo", confessa Messi sobre risco de ficar fora da Copa de 2018

Nas Eliminatórias das Américas Central e do Norte, México, Costa Rica e Panamá carimbaram seus passaportes para a Rússia em 2018. Além disso, graças ao tropeço dos Estados Unidos, que perdeu para Trinidad e Tobago por 2 a 1, Honduras jogará a repescagem contra a Austrália, já que venceu os mexicanos por 3 a 2.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.