Tamanho do texto

Jogadores se dividem entre a euforia pelos resultados e a cautela por causa da dificuldade do Brasileirão

A chegada do Inter em Porto Alegre, após a goleada sobre o Atlético-MG , mostrou uma mistura de sentimentos entre os jogadores. Eles parecem empolgados com a evolução do time, mas ao mesmo tempo preferem manter uma certa cautela por causa da dificuldade do Brasileirão.

“Não é fácil. O Brasileiro é complicado em todas as rodadas. Conseguimos duas vitórias que encaminharam melhor as coisas. Tudo se arrumou melhor. Estamos com muita vontade de trabalhar”, disse Guiñazu.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

O time chegou a 12 pontos em sete jogos. Está a dois pontos do G4 e a quatro da liderança.

“Sabemos que não é uma ou duas partidas ruins que farão que um jogador deixe de servir para o clube. Soubemos absorver as críticas. Estamos colocando em prática o que cada jogador sabe. A dedicação de todos é muito importante”, comentou Bolívar.

Após o desembarque, os jogadores foram liberados. O grupo se reapresenta na manhã de sábado. O próximo jogo será na quarta-feira, contra o Atlético-PR, no Beira-Rio. Juan e Oscar, que se apresentam para a seleção sub-20, são desfalques certos. Assim como D´Alessandro, que recebeu o terceiro cartão amarelo.

Tinga sofreu entorse no tornozelo e no joelho esquerdo. Será reavaliado pelos médicos, mas deverá perder o próximo compromisso.

Bolívar lembra que o time vinha sendo criticado antes das duas vitórias
Gabriel Cardoso
Bolívar lembra que o time vinha sendo criticado antes das duas vitórias