Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Internacional tem ótimo retrospecto diante de times mexicanos

Técnico Celso Roth deve fechar o treino desta terça e que define a escalação para enfrentar o Jaguares

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Se depender do histórico diante de times mexicanos, o Inter poderá ter tranquilidade para enfrentar o Jaguares. Em 9 jogos oficias contra times do México são 8 vitórias e apenas uma derrota. São quatro vitórias diante do Chivas (na Copa Sul-Americana de 2008 e na Libertadores de 2010), duas vitórias contra o Pumas (Libertadores 2006) e uma vitória de 4 a 0 contra o mesmo Jaguares no primeiro turno da atual edição.

O único mexicano que foi feliz contra o Inter foi o Pachuca, que venceu o jogo de ida da Recopa 2007 por 2 a 1. Porém, levou 4 a 0 no jogo de volta e a taça ficou em Porto Alegre.

Inter x Jaguares, nesta quarta-feira, às 19 horas e 30 minutos, vale mais do que o retrospecto, representa a classificação antecipada dos gaúchos para a próxima fase. Basta um empate para atingir o objetivo. O técnico Celso Roth deve fechar o treino para imprensa e torcedores. A última atividade antes da partida acontece nesta terça às 18 horas e 30 minutos (de Brasília).

Recuperado de lesão, o garoto Oscar deve ser mantido como titular. Roth deve escalar Lauro; Nei, Bolívar, Índio e Kléber; Bolatti, Guiñazu, Oscar, D´Alessandro e Zé Roberto; Leandro Damião. O Inter espera um clima de revanche no estádio Victor Manuel Reyna.

“A gente sabe que a vitória de lá foi dolorida pra eles. Toda equipe que perde quer uma recuperação imediata. É claro que eles vão querer colocar este placar de volta, mas sabem que estão enfrentando o campeão da Libertadores e uma equipe que impõe respeito. Sabemos que não se ganha fora de campo, tem que mostrar ao que veio”, projetou o zagueiro Bolívar.

Leia tudo sobre: InternacionalCopa Libertadores 2011Jaguares

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG