Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Internacional repete fórmula de sucesso na Copa Libertadores

No mata-mata da edição 2010, time gaúcho fez gol em todos os jogos fora de casa e terminou campeão

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

O Inter começou a fase de mata-mata da Libertadores repetindo a fórmula que deu certo em 2010: marcando gols fora de casa. O empate de 1 a 1 com o Peñarol dá o direito ao time de Falcão de empatar no Beira-Rio em 0 a 0 para seguir na competição.

“Ficou bom, estamos vacinados com jogo fora de casa. Empate com gols é importante para decidir em Porto Alegre”, ressaltou o zagueiro Bolívar

Na edição passada, quando foi campeão, o Inter marcou gols nos 4 jogos que fez longe de Porto Alegre na fase eliminatória. Perdeu para o Banfield por 3 a 1; para o Estudiantes e para o São Paulo por 2 a 1; e venceu o Chivas por 2 a 1.

“Eles tentaram mais um gol, mas conseguimos o contra-ataque. Perder de 1 a 0 é o pior resultado fora. O 1 a 1 é bom resultado. Eles são fortes, tem muita pegada e experiência, mas continuamos correndo sem parar e isso é importante na Libertadores”, comemorou D´Alessandro.

O resultado no Uruguai tirou o aproveitamento de 100% de Falcão, mas manteve a invencibilidade do treinador, com três vitórias e um empate. A delegaçção do Inter ainda treina no Uruguai na manhã desta sexta-feira e chega em Porto Alegre no meio da tarde. Falcão terá apenas um treino, no sábado, para definir o time que entra em campo no Gre-Nal. Bolatti, suspenso, está fora e deve ser substituído por Tinga. Quarta-feira, dia 4 de maio, Inter e Peñarol voltam a se enfrentar.

Leia tudo sobre: InternacionalPeñarolCopa Libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG