Meia-atacante D´Alessandro e lateral-direito Nei não participaram das atividades nesta quarta-feira

Gabriel Cardoso
Lateral-esquerdo Kléber paga a punição, enquanto o zagueiro Índio observa
O preparador físico Fábio Mahseredjian comandou um treino diferente na tarde desta quarta-feira. Ele dividiu os jogadores do Inter em dois times para o treino de “um toque”. Os times precisavam trocar passes sem que nenhum jogador encostasse mais de uma vez na bola. Aqueles que deixassem o adversário completar 10 toques, seriam punidos com 10 flexões.

Pelo menos duas vezes os jogadores que vestiam colete precisaram pagar a punição. Deitados no gramado, Kléber, Bolívar, Wilson Matias e cia... tiveram que realizar os exercícios enquanto os outros companheiros se divertiam olhando.

A atividade serviu de aquecimento para o treino desta quarta-feira. O técnico Falcão comandou uma atividade com bola, mas sem dar indícios de um time titular. O meia-atacante D´Alessandro com dor muscular na coxa e o lateral-direito Nei, que sente um desconforto no joelho, não treinaram com o restante dos companheiros.

O Inter estreia no Brasileirão sábado, 21h, contra o Santos, na Vila Belmiro. O atacante Rafael Sobis segue se recuperando de um desconforto no joelho e está vetado pelos médicos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.