Volante Tinga defende trabalho de Falcão e chama responsabilidade dos maus resultados para jogadores

O Internacional vive mais um momento de turbulência. Não venceu nas duas primeiras rodadas do Brasileirão e as cobranças aumentaram. O técnico Falcão já disse que virou obrigação conseguir a primeira vitória na próxima rodada.

Saiba as últimas notícias do Inter pelo Twitter

O time enfrentará o América-MG , domingo, 18h30, em Campo Grande-MS. O retrospecto é positivo. Os gaúchos nunca perderam para o time mineiro no Brasileirão. Foram quatro vitórias e três empates. A última vez que as equipes se encontraram foi em setembro de 2001. O Inter venceu por 2 a 0 com dois gols de Jackson.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Após o título de campeão gaúcho, o técnico Falcão volta a ser questionado. Ele havia adquirido tranquilidade para trabalhar depois de seu primeiro título pelo Inter. Bastaram dois jogos sem vitória no Brasileirão para que o time e o treinador voltassem a receber críticas. O volante Tinga defendeu o chefe e chamou a responsabilidade.

“Treinador escala equipe, faz as escolhas, mas nós que temos a obrigação de ir lá dentro e ganhar. Nós estamos dentro de campo e independente de formação teríamos que ganhar em casa do Ceará. Não estou defendendo especificamente o Falcão, mas existe esse costume no Brasil”, disse.

O atacante Leandro Damião e o volante Bolatti serão desfalques na próxima rodada. Eles foram convocados para as seleções brasileira e argentina. Cavenaghi e Gilberto são os mais cotados para a vaga no ataque. O garoto Oscar pode substituir Bolatti, com Guiñazu e Tinga jogando mais recuados. O grupo treina em dois turnos nesta terça-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.