Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter vence o Jorge Wilstermann e encaminha vaga na Libertadores

Oscar, D´Ale e Zé Roberto marcaram os gols no Beira-Rio e, sem dificuldade, os gaúchos fizeram 3 a 0

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

O Internacional encaminhou a classificação para a próxima fase da Libertadores. No estádio Beira-Rio o time gaúcho venceu o Jorge Wilstermann por 3 a 0 e chegou a 10 pontos em quatro jogos. O Emelec é o segundo colocado com 7 pontos e o Jaguares tem seis. Oscar, o nome do jogo, abriu o placar no primeiro tempo. D´Alessandro e Zé Roberto definiram o marcador na segunda etapa.

Pela primeira vez na temporada o técnico Celso Roth pôde escalar o trio ofensivo de maior destaque. Com a volta de Leandro Damião, que estava na seleção brasileira, ele conseguiu colocar a parceria Oscar e D´Alessandro para servir o camisa 9.

O primeiro tempo foi de um time só. O Inter amassou o Wilstermann. Méritos dos donos da casa, mas também pela fragilidade do adversário. Os bolivianos protagonizaram jogadas bizarras. Saídas erradas de jogo, fragilidade na marcação e passes mal feitos. Oscar fez o único gol, poderia ter sido mais, mas o intervalo chegou com o placar magro de 1 a 0.

O segundo tempo seguiu no mesmo ritmo. O Inter deu as cartas e o Wilstermann só se defendeu. O adversário pouco saiu para tentar reverter o resultado. Os bolivianos ainda tiveram um jogador expulso. D´Alessandro e Zé Roberto ampliaram o marcador e deram números finais.

No sábado o time visita o Lajeadense, às 16 horas, pelo Campeonato Gaúcho. A partida vale a liderança do grupo 1. O Inter está em primeiro com 9 pontos e o Lajeadense tem oito. O compromisso seguinte na Libertadores será na próxima quarta-feira, dia 6 de abril, contra o Jaguares, no México.

O Jogo
O Wilstermann tentou primeiro. Luis Garcia chutou cruzado e obrigou Lauro a trabalhar. O Inter assustou aos 6 minutos: D´Alessandro passou para Oscar e o garoto bateu forte, de fora da área. Passou perto do gol. Aos 16 foi a vez de Leandro Damião cruzar e Bolívar, na marca do pênalti, chutar pra fora, perdendo grande oportunidade.

O gol saiu na base do abafa. Kléber cruzou, Damião não conseguiu alcançar, Matias teve o chute bloqueado e ela sobrou para Oscar. O meia-atacante chutou, a bola bateu no zagueiro, voltou nele e foi para o fundo do gol. Inter 1 a 0 aos 18 minutos.

D´Alessandro cobrou uma falta e o goleiro segurou. Começou então um show de Oscar. Aos 27 minutos ele entortou o lateral e cruzou na cabeça de Leandro Damião. O goleiro Mauro Machado salvou. No minuto seguinte o cruzamento foi para Zé Roberto e o goleiro teve que dividir com o jogador do Inter. Aos 33, Oscar deu um toque por cobertura e obrigou o goleiro a trabalhar outra vez. Índio ainda quase ampliou aos 46 minutos. Ele chutou rasteiro e Mauro Machado segurou.

Antes do primeiro minuto do 2º tempo o Inter fez uma blitz no ataque, Guiñazu chutou cruzado e ganhou o escanteio. Com 2 minutos o goleiro teve que espalmar um chute de Oscar. Aos 12 veio mais um gol: Oscar deu um cruzamento açucarado e D´Alessandro colocou a bola no cantinho, 2 a 0.

Aos 22 minutos nova chance para o zagueiro Índio. Bolívar escorou uma cobrança de escanteio e o zagueiro chutou para fora. D´Alessandro foi agredido por Lucas Fernandez. O adversário chutou o argentino, sem bola, e recebeu cartão vermelho direto aos 24 minutos. O Inter aproveitou para ampliar logo em seguida: Kléber cruzou, Damião não conseguiu cabecear, mas Zé Roberto completou com o pé direito: Inter 3 a 0, aos 27 minutos. Leandro Damião teve a chance de não passar a noite em branco. Aos 43 minutos ele recebeu um cruzamento de D´Alessandro, mas tentou uma finalização de letra, sem sucesso.


FICHA TÉCNICA - INTERNACIONAL 3 X 0 JORGE WILSTERMANN

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 30 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 21h e 50 minutos (de Brasília)
Árbitro: Darío Ubiraco (Uruguai)
Auxiliares: Carlos Pastorino e Miguel Nievas (Uruguai)
Público: 28085 torcedores
Renda: R$ 647,765,00
Cartão amarelo: Leandro Damião (Internacional); Cristian Machado, Lucas Fernandez, Luis Zapata (Jorge Wilstermann)
Cartão vermelho: Lucas Fernandez (Jorge Wilstermann)

GOLS:
Internacional: Oscar, aos 18 minutos do primeiro tempo; D´Alessandro, aos 12 minutos do segundo tempo; Zé Roberto, aos 27 minutos do segundo tempo.

INTERNACIONAL: Lauro; Nei, Bolívar, Índio (Rodrigo) e Kléber; Wilson Matias, Guiñazu, Oscar (Andrezinho), D´Alessandro e Zé Roberto (rafael Sobis); Leandro Damião.
Técnico: Celso Roth.

JORGE WILSTERMANN: Mauro Machado; Juccélio Donizete, Juan Ignacio Brown e Marcelo Carvallo; Lucas Fernandez, Cristian Machado (Jesús Toscanini), Ramiro Rodriguez, Luis García (Amilcar Sánchez), Ezequiel Abregú (Juan Ojeda) e Luis Zapata; Fabio Mineiro.
Técnico: Marcelo Neveleff. 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG