Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter vence o Emelec e avança na Libertadores como 1º do grupo

Sobis e Damião marcaram os gols e o time gaúcho ficará com a 2ª ou 3ª melhor campanha da primeira fase do torneio

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

O Internacional está na próxima fase da Libertadores. Ainda não foi uma atuação de gala, mas o time venceu o Emelec por 2 a 0, na noite desta terça-feira, no estádio Beira-Rio. Rafael Sobis, aos 6 minutos do segundo tempo tirou o zero do placar. Leandro Damião, aos 38, completou a festa.

O técnico Falcão, que fez seu segundo jogo à frente da equipe, repetiu a escalação da estreia. Sem Oscar, ainda machucado, ele usou o meia-atacante Andrezinho entre os titulares. O primeiro tempo não foi de empolgar. O Inter dominou, mas não conseguiu levar maior perigo. O Emelec foi gostando do jogo e criou algumas oportunidades na parte final do primeiro tempo. Sem grandes chances, o resultado só poderia ser de 0 a 0.

Lucas Uebel/Vipcomm
Torcida levou faixas fazendo homenagem ao time campeão brasileiro de 1979. Entre os jogadores daquela época estava Paulo Roberto Falcão

As escalações não foram alteradas após o intervalo, mas o Inter logo saiu do sufoco. Rafael Sobis fez o gol logo no início do segundo tempo e trouxe maior tranquilidade ao Beira-Rio. O Inter seguiu a segunda etapa sem correr riscos. Leandro Damião ampliou o placar, manteve o Inter na competição, e o sonho do bicampeonato.

O Inter chegou a 13 pontos e terminou na liderança do grupo 6. Os gaúchos ficarão com a segunda ou terceira melhor campanha da primeira fase. Perdendo apenas para o Cruzeiro, e talvez para o Libertad, que joga ainda nesta terça. O Jaguares perdeu para o Jorge Wilstermann por 2 a 1 e ficou com a segunda vaga da chave.

O time volta a campo domingo, 16 horas. O adversário será o Juventude, em Caxias do Sul, pelas semifinais do segundo turno estadual. D´Alessandro, suspenso, não poderá jogar.

AFP
Sóbis e Damião fizeram os gols do jogo
O jogo
O Inter assustou logo no primeiro minuto. Andrezinho bateu falta, o goleiro não segurou, e Rodrigo quase completou no rebote. O time só voltou a levar maior perigo aos 18; Leandro Damião recebeu um lançamento de Kléber e chutou em cima do goleiro, ganhando o escanteio. O Emelec levou perigo aos 24, Quiroz cobrou falta, Gaibor desviou de cabeça, e Renan jogou para escanteio.

Aos 26 minutos, Nei foi à linha de fundo e Andrezinho cabeceou para fora. Aos 40, nova chance do Emelec: Quiroz fez jogada pela esquerda e Gaibor teve a chance de chutar de fora da área. Para sorte do Inter, ele pegou mal na bola.

O Inter conseguiu furar o bloqueio aos 6 minutos da segunda etapa. D´Alessandro cruzou, Damião cabeceou para Sobis, e o atacante, também de cabeça, finalizou pata fazer 1 a 0. Andrezinho tentou uma cobrança de falta, aos 17 minutos, mas o goleiro espalmou. Aos 19, surgiu uma bela jogada: D´Alessandro tabelou com Kléber, mas chutou para fora.

Aos 23 minutos foi a vez de Rafael Sobis servir Leandro Damião. O goleiro salvou com o pé a finalização do atacante. Aos 29, Kléber poderia ter ampliado: o zagueiro salvou um chute de Rafael Sobis, mas a bola sobrou no pé do lateral-esquerdo. Kilmowicz acabou impedindo o gol. O placar foi ampliado aos 38 minutos: Cavenaghi puxou o contragolpe e passou para Guiñazu; o volante bateu a gol, o goleiro salvou, mas Leandro Damião completou no rebote: 2 a 0.

FICHA TÉCNICA – INTERNACIONAL 2 X 0 EMELEC

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 19 de abril de 2011, terça-feira
Horário: 20h15 (de Brasília)
Árbitro: Óscar Ruiz (COL)
Assistentes: Eduardo Diaz e Rafael Rivas
Cartão amarelo: Leandro Damião, Kléber, Guiñazu (Internacional); Gabriel Achilier, Cristian Menéndez (Emelec)

GOLS:
Internacional: Rafael Sobis, aos 6 minutos do segundo tempo; Leandro Damião, aos 38 minutos do segundo tempo.

INTERNACIONAL: Renan; Nei, Bolívar, Rodrigo e Kléber; Bolatti, Guiñazu, Andrezinho e D´Alessandro; Rafael Sobis (Cavenaghi) e Leandro Damião (Zé Roberto).
Técnico: Falcão.

EMELEC: Javier Klimowicz; Carlos Quiñonez (Enner Valencia),José Quiñonez, Gabriel Achilier e Oscar Bagüí; Pedro Quiñónez, David Quiróz, Fernando Giménez e Fernando Gaibor (Eial Strahman); Walter Iza (Marcos Caicedo) e Cristian Menéndez.
Técnico: Omar Asad. 

 

 

Leia tudo sobre: InternacionalEmelecCopa Libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG