Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter vê Santos tentando condicionar árbitro da Libertadores

Dirigentes do clube gaúcho não gostaram da reclamação de Muricy Ramalho pela escolha de Sandro Meira Ricci

iG Porto Alegre |

AE
Times se enfrentam quarta-feira, no Beira-Rio
A última entrevista do técnico Muricy Ramalho não caiu bem entre os dirigentes do Internacional. Após o comandante do Santos reprovar a escolha de Sandro Meira Ricci para apitar o jogo de quarta-feira, pela Libertadores, os mandatários gaúchos viram uma tentativa de condicionamento da arbitragem.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Conheço bem o Muricy, sei da capacidade dele em campo e da inteligência fora. A gente vai jogar a partida dentro de campo, mas não vale condicionar a arbitragem. Isso já aconteceu no jogo passado, por várias coisas, por o árbitro ser gaúcho, e não tivemos uma felicidade. Agora não vamos deixar condicionar de maneira nenhuma”, disse o diretor técnico Fernandão.

A Conmebol escolheu o árbitro do Distrito Federal para apitar o jogo Inter x Santos, quarta-feira, 22h, no Beira-Rio, pela 5ª rodada da fase de grupos da Libertadores.

O Santos venceu o primeiro encontro entre ambos na Vila Belmiro por 3 a 1. Na ocasião, o assunto arbitragem também foi debatido antes do jogo. Depois da derrota, o Inter reclamou da atuação de Evandro Rogério Román, principalmente de um pênalti marcado de Índio em Borges logo no início da partida.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

“Fica nosso protesto porque futebol não se faz dessa maneira. Quem viu o jogo em Santos sabe que o árbitro errou inúmeras vezes contra nós”, desabafou o presidente Giovanni Luigi.  

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG