Equipe italiana foi goleada, em casa, no jogo de ida e precisa fazer quatro gols para continuar no torneio

Depois de ter sido derrotada por 5 a 2, em casa, na semana passada, a Internazionale de Milão enfrentará o Schalke 04 nesta quarta-feira e precisará de uma goleada por pelo menos quatro gols de diferença na Arena AufSchalke para seguir sonhando com o tetra da Liga dos Campeões.

Apesar da equipe precisar do placar elástico para se classificar e enfrentar o vencedor dos embates entre Manchester United e Chelsea , o elenco da Inter ainda não jogou a toalha na competição continental.

"Não acredito em milagres, mas em resultados esportivos. Na partida de ida, aconteceu alguma coisa muito estranha, então devemos estar preparados para que aconteça algo bom. Não acreditamos apenas na classificação, mas em um bom desempenho. O importante é ter equilíbrio, mesmo precisando de um largo placar", declarou o treinador da equipe, o brasileiro Leonardo, ao site oficial do clube.

Nos treinamentos, o técnico deu a entender que utlizará o esquema 4-3-1-2, que vem sendo utilizado há algum tempo, e apostará em um futebol rápido e direto, com os passes precisos do meia Sneijder e com a velocidade da dupla de ataque, formada por Eto'o e Diego Milito.

A boa notícia para os torcedores da equipe é o retorno do zagueiro brasileiro Lúcio, que não participou do jogo de ida por estar cumprindo suspensão. Ainda no sistema defensivo, o argentino Walter Samuel voltou a ser relacionado para uma partida oficial depois de mais de cinco meses afastado por conta de uma lesão no joelho direito.

Mesmo com a ampla vantagem, o Schalke não pensa em armar uma retranca contra a equipe italiana. Apesar de poder perder até por 3 a 0 ou 4 a 1, o treinador Ralf Rangnick promete um time ofensivo. "Não temos uma equipe acostumada a jogar apenas formando um ferrolho. É preciso jogar", disse o treinador, que chegou ao clube de Gelsenkirchen no mês passado para substituir Felix Magath.

O lateral Hans Sarpei foi outro que defendeu um jogo aberto contra os italianos. "Se não fizermos nada em campo, eles irão nos eliminar sem se importarem com o resultado do primeiro jogo. Temos que pisar no acelerador desde o primeiro minuto".

Como já aconteceu na ida, o Schalke terá uma série de desfalques. Integrantes importantes do elenco, como o zagueiro Christoph Metzelder e o atacante Klaas-Jan Huntelaar estão machucados, enquanto o meia Jefferson Farfán recebeu o terceiro cartão amarelo.

FICHA TÉCNICA: SCHALKE 04 x INTER DE MILÃO

Local: Arena AufSchalke, em Gelsenkirchen (ALE)
Data: 13 de abril de 2011
Horário: 15h45 (Brasília)
Árbitros: Damir Skomina (ESL)
Assistentes: Primoz Arhar (ESL) e Marko Stancin (ESL)
Assistentes adicionais: Matej Jug (ESL) e Roberto Ponis (ESL)

SCHALKE 04: Neuer; Uchida, Matip, Howedes e Sarpei; Papadopoulos, Jurado, Draxler e Baumjohann; Raul e Edu.
Técnico: Ralf Rangnick.

INTER DE MILÃO: Julio Cesar; Maicon, Ranocchia, Lucio e Zanetti; Thiago Motta (Nagatomo), Cambiasso, Stankovic (Kharja) e Sneijder; Milito e Eto.
Técnico: Leonardo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.