Time precisa de vitória dentro do estádio Olímpico no domingo para ser o campeão gaúcho do ano de 2011

O Inter encontrou em casa a solução para voltar a vencer. As próprias atuações feitas pelo time servem de exemplo sobre o que deve ser feito no estádio Olimpico, domingo, 16h, no clássico Gre-Nal.

“Acho que tivemos todos os primeiros tempos muito bons. Em nenhuma vez tivemos a necessidade de chacoalhar o vestiário, com exceção do Emelec. Mas ali foi uma situação de esquema, aí corrigimos e ganhamos o jogo”, disse Falcão.

O técnico, que está no comando há sete jogos, acha que o time tem feito boas apresentações no primeiro tempo das partidas. As dificuldades acabam vindo depois do intervalo.

“Tivemos vários jogos bons. O Juventude, o primeiro Gre-Nal. Quando se toma o gol no início acaba tendo que rever tudo”, avaliou.

O time levou gol com menos de um minuto do segundo tempo nos dois últimos jogos: a partida da eliminação da Libertadores contra o Peñarol ; e o jogo de ida da decisão do Gauchão contra o Grêmio. A avaliação é que esses gols acabaram desestabilizando o time.

O Inter precisará de uma vitória por dois gols de diferença sobre o Grêmio para ser o campeão gaúcho de 2011. Será bom não tomar gols, especialmente no início do segundo tempo, para não complicar ainda mais a tarefa...

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.