Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Inter tentará improvável virada para ficar com o título gaúcho

Histórico mostra que é muito difícil reverter uma derrota no primeiro jogo. Grêmio conseguiu em 1999

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Fabio Berriel, Gazeta Press
Junior Viçosa fez dois gols e deu uma assistência e foi o craque do último Gre-Nal
Que será muito difícil para o Inter reverter o resultado favorável ao Grêmio (3 a 2) no jogo de ida e ser campeão gaúcho todo mundo já sabe. Mas os números comprovam que essa missão será muito difícil, quase impossível. O histórico do Campeonato Gaúcho mostra que dificilmente o time que perdeu o jogo de ida consegue reverter na partida de volta.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Sendo a primeira derrota dentro de casa acaba ficando ainda mais complicado. Um exemplo é a decisão estadual de 2010. O Grêmio também venceu no Beira-Rio, fez 2 a 0. O Inter conseguiu uma vitória no jogo de volta, mas por apenas 1 a 0, ficando o título no estádio Olímpico.

Alexandre Lops/AI Internacional
Giuliano fez o gol do Inter na final de 2010, mas a vitória de 1 a 0 no Olímpico não foi suficiente
O último a conseguir uma virada em Gre-Nal foi o Grêmio, na decisão do Campeonato Gaúcho de 1999. O Inter venceu a partida de ida por 1 a 0, mas o Grêmio venceu a volta por 2 a 0. Naquela época um terceiro jogo decidiria o campeonato. Comandado por Ronaldinho, o Grêmio voltou a vencer: 1 a 0.

Uma boa recordação para o Inter pode ser a final de 2008. O time perdeu o primeiro jogo por 1 a 0, mas reverteu no jogo de volta: fez 8 a 1. Porém, o adversário não era o Grêmio, e sim o Juventude.

Em 1991 aconteceu um cenário idêntico ao que o Inter sonha fazer, mas foi protagonizado pelo Grêmio. O Grêmio perdeu o jogo de ida em casa (1 a 0), mas conseguiu reverter o resultado no Beira-Rio, fazendo 2 a 0. Um terceiro jogo ainda terminaria 0 a 0. O curioso naquela época é que o título foi dado ao Inter, pois havia feito mais pontos na fase anterior. O saldo de gols não era levado em conta.

Na decisão de 2011 o Grêmio venceu o primeiro jogo, no Beira-Rio, por 3 a 2. O time de Renato Gaúcho fica com o título no domingo com qualquer empate. Pode ainda perder por 1 a 0 ou 2 a 1. O Inter precisa pelo menos de uma vitória de 3 a 2 para levar a decisão para os pênaltis. Para ganhar no tempo normal o time de Falcão tem que vencer por dois gols de diferença ou por um gol com escore superior a 3 a 2 (ex: 4 a 3, 5 a 4).

Leia tudo sobre: InternacionalGrêmioCampeonato Gaúcho 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG